quinta-feira, julho 25, 2024
30.3 C
Manaus
InícioPoderTransporte público gratuito entra na pauta do Congresso

Transporte público gratuito entra na pauta do Congresso

Publicado em

Publicidade

Você já ouviu falar em transporte público universal e gratuito para todos? Essa é a proposta da PEC 25/23, de autoria da deputada Luiza Erundina (PSOL-SP) e outros. A PEC é assinada por 173 parlamentares. 

Na proposta, o transporte será financiado por um novo tributo e pelos recursos governamentais. Este novo tributo seria pago pelos donos de veículos e empregadores. Não sendo descartada, a possibilidade de utilização de recursos oriundos de fontes adicionais de custeio, como contribuições dos beneficiados pelo serviço público. 

De acordo com a deputada, o transporte público é um direito social, por isso deve ser assegurado pelo Estado, sem cobranças.  “Assim como acontece com outros direitos sociais, como a saúde e a educação, o Estado não pode impor barreiras, especialmente econômicas, para o exercício do direito ao transporte.”, afirma.

Cabe ressaltar que Luiza Erundina também é autora da proposta que incluiu o transporte entre os direitos sociais previstos na Constituição – Emenda Constitucional nº 90. Esta Emenda possibilitou a inclusão do serviço como direito e contribuiu para investimentos e melhoria na prestação do serviço. 

A PEC segue para análise em comissão especial, a ser criada. Para então seguir os trâmites da Câmara dos Deputados e Senado Federal. 

Entenda

De acordo com a PEC, as diretrizes que embasam o transporte urbano são:

  • universalidade, isto é, todos devem ter acesso;
  • gratuidade;
  • descentralização e cooperação entre as esferas de governo;
  • planejamento da rede de transporte de forma integrada e intermodal;
  • participação da sociedade civil no planejamento e fiscalização.

A deputada esclarece ainda que, atualmente, há uma baixa qualidade do serviço prestado, o que leva muitos usuários migrarem para o transporte individual. “Esse fenômeno reduz, consequentemente, a quantidade de usuários do sistema coletivo, o que exerce pressão pelo aumento das tarifas, pois essas constituem a principal fonte de financiamento do sistema. O aumento das tarifas, por fim, conduz mais usuários para o transporte individual”. Ela ressalta ainda que esse é um ônus que deve ser suportado por toda a sociedade. 

De acordo com o Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), o transporte coletivo hoje, junto com a alimentação, representa quase todo o gasto das famílias de baixa renda e, que a gratuidade do mesmo não representaria uma “vantagem” aos mais pobres, já que essa classe paga proporcionalmente mais impostos que as ricas. 

Além dos 173 parlamentares, atuaram na construção da PEC: 

  • Associação Nacional de Transportes Públicos – ANTP; 
  • Instituto de Estudos Socioeconômicos – INESC; 
  • Movimento Nacional pelo Direito ao Transporte Público de Qualidade para Todos – MDT; 
  • Movimento Passe Livre – MPL; 
  • Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor – IDEC);
  • Especialistas (Lúcio Gregori, Mauro Zilbovicius; José Jairo Varoli e Márcia Gregori);
  • Parlamentares (Vereador Afrânio Boppré PSOLFlorianópolis/SC; Vereador Jean Ricardo PSB-Garopaba/SC; Deputado Estadual Maurici PT-SP); e 
  • Secretaria Executiva de Transporte e Mobilidade Urbana – SETRAM da Prefeitura do Município de São Paulo.

Como funciona na prática?

Hoje existem cerca de 70 cidades no Brasil que já atuam com a tarifa zero. Uma delas é a cidade de Maricá, no interior do Rio de Janeiro. 

De acordo com a Empresa Pública de Transporte de Maricá, em 2022 os moradores economizaram mais de R$161 milhões, que puderam ser remanejados para outros consumos, estimulando a economia local. 

*com informações da Câmara dos Deputados

Leia mais:
Governadores criticam benefícios fiscais na reforma tributária

Vereadores aprovam alteração em área ambiental para construir posto de gasolina
Corrida para presidência do TCE-AM já começou

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Idam capacita mais de 100 piscicultores em Novo Airão

Dia de Campo oferece novas tecnologias e metodologias para piscicultura Mais de 100 piscicultores participaram...

Indígenas de São Gabriel da Cachoeira participam de oficinas

Cerca de 100 artesãos e produtores indígenas participaram do evento De 1 a 4 de...

Cetam preenche mais de 6 mil vagas para cursos gratuitos

Inscrições online foram realizadas nos dias 22 e 23 de julho O Centro de Educação...

Apostador de Manaus ganha sozinho o prêmio de R$250 milhões da +Milionária

Uma aposta única feita em Manaus acertou as seis dezenas e os dois trevos...

Mais como este

Idam capacita mais de 100 piscicultores em Novo Airão

Dia de Campo oferece novas tecnologias e metodologias para piscicultura Mais de 100 piscicultores participaram...

Indígenas de São Gabriel da Cachoeira participam de oficinas

Cerca de 100 artesãos e produtores indígenas participaram do evento De 1 a 4 de...

Cetam preenche mais de 6 mil vagas para cursos gratuitos

Inscrições online foram realizadas nos dias 22 e 23 de julho O Centro de Educação...