sábado, fevereiro 24, 2024
32.3 C
Manaus
InícioExplicandoAM vai dar R$ 4 mil a quem converter veículo para GNV

AM vai dar R$ 4 mil a quem converter veículo para GNV

Publicado em

Publicidade

Nova campanha da Cigás busca contemplar 300 pessoas no Estado. Saiba como participar

A nova campanha vai investir R$ 1,2 milhão, com a concessão dos 300 benefícios no valor de R$ 4 mil, cada.

Podem participar proprietários de veículos automotores (pessoas físicas ou jurídicas) que cumpram os requisitos previstos no regulamento.

Critérios

Os principais critérios para participar da campanha são:

  • carros de passeios convertidos para utilização de GNV, desde que a conversão seja feita dentro do período de vigência da campanha, sendo que o proprietário pode usar kit original de fábrica ou requalificado conforme critérios do Inmetro;
  • veículos com kit GNV original de fábrica que tenha sido adquirido durante a vigência da campanha;
  • utilização do kit de 5ª geração ou superior e
  • apresentação da documentação do veículo convertido totalmente regularizado.
Foto: ilustração

Como funciona

Antes de fazer a inscrição para receber o benefício, o dono do veículo precisa fazer a conversão para o GNV. Também é precisa legalizar a conversão junto ao Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Levantamento recente da Cigás aponta que a conversão custa, em média, R$ 6 mil em oficinas convertedoras de Manaus.

Dessa forma, os R$ 4 mil concedidos pelo Estado funcionam como uma compensação ao proprietário do veículo que decidiu fazer a alteração.

“O objetivo é incentivar o mercado de GNV por meio da concessão de benefícios por vínculo adaptado em oficina credenciada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para utilização do GNV ou carro zero quilômetro com kit GNV original de fábrica”, destacou a Cigás.

Depois de converter o veículo, o dono do carro deve fazer a inscrição no site usegnv.cigas-am.com.br, para tentar receber os R$ 4 mil.

“Qualquer pessoa que tem um carro a gasolina ou a etanol pode se inscrever”, informou o diretor-presidente da Cigás, Heraldo Câmara, por meio da assessoria de imprensa.

A campanha segue até o dia 29 de novembro de 2024, ou até o alcance dos 300 beneficiados.

Foto: ilustração

Vantagens

A Cigás afirma que há vantagens na conversão. Uma delas, segundo a companhia, é a ambiental. “O GNV possui menor índice de poluentes”, ressaltou.

A instituição também garante que há mais economia para os motoristas, especialmente para aqueles que costumam circular mais.

Conforme a concessionária, uma análise feita com base em dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre os dias 5 e 11 de novembro deste ano, comprovou a vantagem.

“O estudo indica que a economia proporcionada pelo GNV pode chegar a até 37% se comparado à gasolina. Em relação ao etanol, a diferença é de até 38%, representando ainda mais economia para os seus usuários”, afirmou a companhia.

De acordo com a Cigás, o motorista que adere ao gás natural veicular passa a ter uma opção adicional de combustível no veículo.

Além disso, segundo a companhia, o GNV prolonga a vida útil do carro, por não produzir impurezas no motor.

Gás veicular natural

A Cigás possui 12 anos de operação comercial no Amazonas. Até outubro de 2023, a companhia investiu R$ 871,6 milhões. “Nesse período, foram implantados 275 quilômetros de rede de gasoduto”, disse a concessionária.

Foto: ilustração

GNV é o nome dado ao gás natural usado em veículos. No Amazonas, o gás natural é produzido no Gasoduto de Urucu, no município de Coari. Depois que o produto chega a Manaus, a Cigás entrega o gás às distribuidoras, inclusive aos postos de combustíveis.

A meta da Cigás é superar a marca de 28 mil unidades consumidoras contratadas até 2027.

Leia mais:
Disputa ambiental em Silves: Indígenas têm 30 dias para comprovar impacto de exploração de gás natural
Número de usuários de gás natural aumenta mais de 1000% no AM

Com informções do G1*

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Fevereiro Verde: Voluntários limpam a Ponta Negra

Em consonância com o "Fevereiro Verde", mês dedicado à conscientização ambiental, a Papelito, conhecida...

Pré-candidato Amom fala sobre autismo, nepotismo e arborização

O cenário político de Manaus ganha destaque com a pré-candidatura de Amom Mendel (Cidadania)...

Crianças indígenas recebem vacina contra dengue em Manaus

Crianças indígenas da comunidade Parque das Tribos, em Manaus, foram as pioneiras a receber...

Seduc anuncia resultado do programa Jovem Bilíngue; Confira

A Secretaria de Educação do Amazonas (Seduc) divulgou o resultado final do programa Jovem...

Mais como este

Fevereiro Verde: Voluntários limpam a Ponta Negra

Em consonância com o "Fevereiro Verde", mês dedicado à conscientização ambiental, a Papelito, conhecida...

Pré-candidato Amom fala sobre autismo, nepotismo e arborização

O cenário político de Manaus ganha destaque com a pré-candidatura de Amom Mendel (Cidadania)...

Crianças indígenas recebem vacina contra dengue em Manaus

Crianças indígenas da comunidade Parque das Tribos, em Manaus, foram as pioneiras a receber...