domingo, março 3, 2024
28.3 C
Manaus
InícioGeralSociedade2° casamento coletivo LGBT de Manaus acontece nesta sexta (8)

2° casamento coletivo LGBT de Manaus acontece nesta sexta (8)

Publicado em

Publicidade

No próximo dia 8 de dezembro, a cidade de Manaus será palco do segundo casamento coletivo LGBTQIAPN+ em uma iniciativa conjunta entre a Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A cerimônia, que acontecerá no auditório da Corregedoria, proporcionará a formalização da união de 24 casais homoafetivos.

Isenção de despesas de cartório

O diferencial desta celebração é a isenção total de custos e despesas com o cartório para os casais participantes, uma colaboração entre as instituições organizadoras. Em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (27/11), o juiz auxiliar da Corregedoria, Aldrin Henrique de Castro Rodrigues, ressaltou que desde 2014 não ocorria um casamento coletivo da comunidade LGBTQIAPN+. Ele destacou que eventos como este agora farão parte do cronograma institucional, sublinhando a importância da garantia de direitos e a justiça social.

Fila de espera para casamento coletivo

O presidente da Comissão LGBTQIAPN+ da CAAM, advogado Marcel da Fonseca Moura, informou que a procura foi significativa, com mais de 70 casais homoafetivos buscando oficializar a união. No entanto, apenas 24 conseguiram organizar a documentação em tempo hábil, gerando uma lista de espera. Moura compartilhou a intenção da comissão de realizar o próximo casamento coletivo em junho de 2024, coincidindo com o Mês do Orgulho LGBT, para acolher os casais ainda em processo de habilitação.

“A comissão objetiva assegurar cidadania plena, dando apoio e defendendo os direitos dessa minoria, além de acompanhar casos de homofobia e outras situações legais que envolvem a população LGBTQIAPN+,” acrescentou Marcel Moura.

A reunião também contou com a presença do advogado Rodrigo Mustafa, secretário da Comissão LGBTQIAPN+ da CAAM.

Como solicitar a participação

Para os casais homoafetivos interessados em oficializar a união, o processo envolve a comprovação de hipossuficiência na Comissão LGBTQIAPN+ da CAAM, indicando a falta de condições para arcar com as taxas e custos da documentação do casamento. A lista será enviada à Corregedoria-Geral do TJAM para análise, seguida pelo edital de proclamas e prosseguimento da ordem legal para o casamento, mediante rodízio entre cartórios.

O requerimento deve ser feito entre 90 e 30 dias antes do casamento, com a apresentação dos documentos necessários no cartório, como certidão de nascimento, para solteiros; certidão de casamento averbada ou certidão de óbito do cônjuge anterior, para divorciados e viúvos; além de documento de identidade com foto e comprovante de residência.

Leia mais:
Projeto quer criar Secretaria LGBTQIA+ na Câmara dos Deputados
STF determina que homofobia seja classificada como injúria racial

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Sine Manaus oferta 313 vagas de emprego nesta segunda-feira (4)

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 313 vagas de emprego em...

Dengue: dicas para vistoriar sua residência em 10 minutos

Apenas 10 minutos são suficientes para checar os locais onde o mosquito Aedes aegypti,...

Audição: cresce número de implantes cocleares no SUS

O implante coclear é uma das opções mais utilizadas na medicina para reverter casos...

“Dia D”: prefeitura de Manaus promove combate a dengue

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), promoveu na manhã...

Mais como este

Sine Manaus oferta 313 vagas de emprego nesta segunda-feira (4)

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 313 vagas de emprego em...

Dengue: dicas para vistoriar sua residência em 10 minutos

Apenas 10 minutos são suficientes para checar os locais onde o mosquito Aedes aegypti,...

Audição: cresce número de implantes cocleares no SUS

O implante coclear é uma das opções mais utilizadas na medicina para reverter casos...