domingo, março 3, 2024
26.3 C
Manaus
InícioPolíticaEconomiaBR-319: continuidade das obras depende do DNIT, diz presidente do Ibama

BR-319: continuidade das obras depende do DNIT, diz presidente do Ibama

Publicado em

Publicidade

O presidente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Rodrigo Agostinho, afirmou que a continuidade das obras de recuperação da rodovia BR-319 também depende do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

De acordo com Agostinho, a licença prévia foi emitida pelo Ibama, no governo de Jair Bolsonaro. Agora, cabe ao Dnit entregar, nos próximos meses, os estudos de impacto ambiental pendentes. A fala ocorreu na audiência da CPI das ONGs, na última terça (7).

“No governo passado, houve a emissão da licença prévia, a primeira licença. Quando acontece isso, o prazo começa a correr para o empreendedor [nesse caso, o Dnit]. Nas últimas reuniões que o Dnit teve com a gente, o Dnit vem assumindo o compromisso e informando de que nos próximos meses deve entregar o restante dos estudos de impacto ambiental para que o Ibama possa fazer a avaliação. A fase que estava com o Ibama, de licença prévia, já foi cumprida“, afirmou o presidente do Ibama.

Agostinho frisou ainda que não é possível antecipar um “resultado”, antes dos estudos: “O Dnit deve entregar os estudos e a aí o Ibama vai fazer a análise. Com muita sinceridade, eu não posso antecipar nem dar um percentual se tem mais chance, menos chance. Não posso fazer isso”.

Parlamentares argumentam

Diante das afirmativas, o presidente da CPI, Plínio Valério (PSDB-AM), e os senadores Jaime Bagattoli (PL-RO) e Chico Rodrigues (PSB-RR) criticaram o posicionamento do órgão.

Márcio Bittar (União-AC) ressaltou o posicionamento do Ibama e de ONGs que entram na Justiça contra a construção ou a reforma de estradas na Amazônia.

Setores se mobilizam 

Com a seca histórica, no Amazonas e, consequentemente, a dificuldade em locomoção, retirada e chegada de insumos, pelo principal meio de transporte (fluvial), empresários e políticos intensificaram a cobrança para o andamento da obra.

Na última sexta-feira (3), cerca de 50 manifestantes bloquearam o trecho do KM 235 da BR-319, reivindicando melhorias de pavimentação, abastecimento de energia elétrica de qualidade, transporte escolar e melhora de acesso de alimentos e mercadorias.

Leia mais:
AM tem 5 calhas de rios em processo de enchente e 4 em final de vazante
Vazante: Rio Negro bate novo recorde ao atingir cota de 12,89 metros
Governo do Amazonas divulga o boletim estiagem

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Dengue: dicas para vistoriar sua residência em 10 minutos

Apenas 10 minutos são suficientes para checar os locais onde o mosquito Aedes aegypti,...

Audição: cresce número de implantes cocleares no SUS

O implante coclear é uma das opções mais utilizadas na medicina para reverter casos...

“Dia D”: prefeitura de Manaus promove combate a dengue

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), promoveu na manhã...

Paratleta do halterofilismo garante prata no mundial

Maria de Fátima, paratleta de halterofilismo, segue em busca da vaga nas Paraolimpíadas de...

Mais como este

Dengue: dicas para vistoriar sua residência em 10 minutos

Apenas 10 minutos são suficientes para checar os locais onde o mosquito Aedes aegypti,...

Audição: cresce número de implantes cocleares no SUS

O implante coclear é uma das opções mais utilizadas na medicina para reverter casos...

“Dia D”: prefeitura de Manaus promove combate a dengue

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), promoveu na manhã...