quinta-feira, fevereiro 29, 2024
28.3 C
Manaus
InícioAmazôniaRio Negro sobe 20 cm de profundidade em novembro

Rio Negro sobe 20 cm de profundidade em novembro

Publicado em

Publicidade

As volumosas águas do Rio Negro estão se recuperando após os terríveis dias 26 e 27 de outubro, em que se registraram o menor  nível de profundidade do rio, com 12,70 metros. De acordo com o Porto de Manaus, os primeiros sete dias de novembro trouxeram consigo a recuperação do principal responsável pelo abastecimento de água da população manauara.

O nível de profundidade está subindo. A medição do dia primeiro de novembro  registrou 13,02m e em 07 de novembro 13,22 metros. O aumento de 20 cm em sete dias é um indicativo do restabelecimento do volume das águas.

Rio Negro, fonte vital de abastecimento de água para Manaus

Águas escuras, extensão de quase 1.700 km, mais de 700 milhões de litros de água por dia. O Rio Negro movimenta muito mais que a economia de Manaus através do escoamento do Porto, do turismo no Encontro das Águas. É fonte vital de abastecimento de água para os mais de três milhões de pessoas na capital do Amazonas.

A pior crise hídrica e a seca na região alteraram os cenários de Manaus por 118 dias consecutivos. As águas recuaram e mudaram a paisagem que ficou dominada por embarcações encalhadas e bancos de areia. Até mesmo o turístico encontro com o Rio Solimões ficou diferente, além dos bancos de areia, estava repleto de banco de pedras.

Os desafios da distribuição de Água em Manaus

A concessionária “Águas de Manaus” é responsável pela distribuição urbana das águas captadas no Rio Negro.  Através de um sistema composto por  4 Estações de Tratamento de Água (ETAs) e mais 50 Centros de Produção de Água Subterrânea (CPAs), a empresa organiza a disponibilização dos recursos hídricos à população.

De acordo com o Relatório Anual da Qualidade da Água, em 2022, foram distribuídos mais de 262 bilhões de litros de água por dia e realizadas 340.305 análises nas ETAS, Reservatórios CPAs e Redes de Distribuição da capital do Amazonas.

As variações de clima na região causam sazonalidades como o alagamento ou seca, gerando grandes desafios para a missão de distribuição de água e captação, assumidos pela concessionária. “Nos próximos 5 anos, a gente vai investir 1 bilhão de reais. São cerca de 300 km de rede. São cerca de mais 700 mil pessoas, chegando a 1 milhão de pessoas atendidas. Chegando a quase 45% da cidade atendida com esgotamento sanitário nos próximos 4, 5 anos. Depois, vem um novo ciclo, pra que se chegue naquele 90% de cobertura da cidade até 2033.”,  o vice-presidente regional da empresa, Renato Médicis explicou à Agência Brasil, nesta reportagem.

 

 

Últimas Notícias

Alckmin virá a Manaus em reunião do aniversário da Suframa

O ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, bem como vice-presidente da República, Geraldo...

Garantido descarta ficar sem Isabelle de cunhã poranga no festival

O presidente do Boi-Bumbá Garantido, Fred Góes, assegura que Isabelle Nogueira, atual participante do...

Operação Pirâmide de Ouro prende pai e filhos

Na manhã desta quarta-feira (28/2), a Polícia Federal (PF) e a Receita Federal desencadearam...

AGU quer anular lei que proíbe crianças na Parada LGBT+ no AM

Na terça-feira (27), a Advocacia-Geral da União (AGU) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF)...

Mais como este

Alckmin virá a Manaus em reunião do aniversário da Suframa

O ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, bem como vice-presidente da República, Geraldo...

Garantido descarta ficar sem Isabelle de cunhã poranga no festival

O presidente do Boi-Bumbá Garantido, Fred Góes, assegura que Isabelle Nogueira, atual participante do...

Operação Pirâmide de Ouro prende pai e filhos

Na manhã desta quarta-feira (28/2), a Polícia Federal (PF) e a Receita Federal desencadearam...