quinta-feira, junho 20, 2024
27.3 C
Manaus
InícioGeralAmazonas é um dos estados menos transparentes sobre dados de armas de...

Amazonas é um dos estados menos transparentes sobre dados de armas de fogo

Publicado em

Publicidade

O Amazonas está na lista do piores estados em relação à sua transparência sobre dados de armas de fogo. O estudo realizado pelo Instituto Igarapé, em parceria com a Open Knowledge Brasil, pontua o estado na 25º posição com menos índice de transparência nos órgãos de segurança pública.

A coleta foi realizada em 2021 e 2022, com informações obtidas de três órgãos: a Polícia Militar, a Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnico-Científica. No entanto, nos dois anos, o Amazonas não respondeu aos questionamentos completamente, alegando “não possuir a informação ou por não ser sua competência ou por indisponibilidade da mesma”.

As perguntas consistiam em ter acesso ao quantitativo de chamadas envolvendo armas de fogo; quantidade  de armas apreendidas; qual é o protocolo para identificação da origem de uma arma apreendida; se elas foram destruídas, entre outros.

De acordo com a diretora de pesquisa do Instituto, Melina Risso, o sigilo, por parte da polícia, pode ser preocupante. “Quando as polícias começam a estabelecer sigilos para esse tipo de informação, isso também tem nos levado e acende um alerta amarelo em relação à transparência dessa informação, que é absolutamente fundamental”, afirma.

Ranking Instituto Igarapé (Foto: Instituto Igarapé)

Registro de armas no Amazonas

O registro de armas aumentou em 198% entre 2019 e o segundo semestre de 2022, para pessoas físicas.

Em 2022, houve o aumento em 12% para o número de apreensões de armas de fogo, além do crescimento no número de munições apreendidas – fuzis e submetralhadora estão na lista. Os dados são do Centro Integrado de Análise de Estatística (Ciesp).

No ano passado, o Instituto Igarapé publicou um alerta quanto ao aumento de armas em circulação na Amazônia Legal. Entre 2018 e 2021, enquanto o registro de armas por pessoa física cresceu 130,4%, na Amazônia Legal foram registrados 219% de aumento. De 57.737 armas em 2018 o número foi para 184.181 em 2021.

Desde 2019, o Instituto acompanha a facilitação do acesso à armas de fogo, decorrentes da alteração da legislação brasileira. “O aumento da circulação legal de armas na região em ritmo ainda maior do que no restante do país é muito preocupante. No complexo ecossistema de crimes e ilegalidades, essa constatação é um alerta importante”, ressalta Melina.

Com informações do Instituto Igarapé*

Leia mais:
6 mil armas de alto poder letal não foram recadastradas na PF
Vereador apresenta PL que obriga segurança armada nas escolas municipais de Manaus
Adolescentes são flagrados com armas brancas e spray de pimenta dentro de escola

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...

Festa dos Visitantes: Como trocar os ingressos?

Ingressos limitados serão disponibilizados nos dias 25 e 27 de junho na Escola Estadual...

Mais como este

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...