sábado, março 2, 2024
28.3 C
Manaus
InícioAmazôniaMeio AmbienteEm Manaus, crescimento de árvores pode ser acompanhado por app

Em Manaus, crescimento de árvores pode ser acompanhado por app

Publicado em

Publicidade

Na zona rural de Manaus, um projeto de reflorestamento liderado pela startup Tree Earth está utilizando a tecnologia do aplicativo Tree Earth para monitorar o crescimento de árvores plantadas no Ramal do Brasileirinho, localizado na zona leste da capital. O plantio de mudas, composto por espécies nativas da Amazônia, tem como objetivo contribuir para a preservação ambiental, especialmente em áreas degradadas.

Impactos da seca no plantio de árvores

Devido à ausência de chuvas, a logística do transporte das mudas se deu por meio de Kombis, uma alternativa à impossibilidade de utilizar barcos. Na última semana, foram realizadas três ações de plantio e georreferenciamento, resultando na plantação de 100 árvores em comunidades ribeirinhas com áreas ambientalmente comprometidas. Dentre as espécies plantadas destacam-se Cumarú, Jenipapo, Sumaúma, Mogno, Ipê-branco, Ipê-amarelo e Andiroba.

O diretor da Tree Earth, Vicente Tino, ressaltou a importância de ações concretas diante da crise climática. Ele afirmou: “Todos precisamos agir já, sob risco de não podermos fazer mais nada em um futuro próximo. Neste período em que as chuvas começam a retornar após uma severa estiagem, conseguimos reunir um grupo diverso, mostrando que tem gente fazendo algo pela Amazônia e pelo mundo”.

Parcerias

Os plantios estão em conformidade com o Pacto Global das Nações Unidas no Brasil e contaram com a participação da Amazoncert, empresa especializada em consultoria, auditorias e treinamentos nas normas ISO, e da Mangarataia, uma startup de moda praia com inspiração amazônica. Além disso, o projeto inclui financiamentos destinados a beneficiar as famílias da Comunidade de Santa Luzia.

A ação de plantio também tem como propósito a compensação da emissão de gases de efeito estufa na atmosfera. As árvores georreferenciadas, passíveis de acompanhamento do crescimento, serão doadas pelo Pacto Global da ONU aos participantes do evento Conexão ODS, realizado em Fortaleza (CE) em outubro, que proporcionou visibilidade a diálogos relacionados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030.

Por fim, a Mangarataia contribuirá para a iniciativa entregando árvores georreferenciadas aos participantes da nova coleção Rita Prossi, lançada no Casarão da Inovação Cassina. O projeto reflete a união de esforços entre diferentes setores visando à preservação ambiental e ao alcance dos objetivos globais de sustentabilidade.

Leia mais:
Sine Amazonas oferece 110 vagas de emprego nesta semana
AM-010: rodovia que liga Manaus a Itacoatiara encontra-se 100% trafegável
Passe Livre Estudantil encerra o ano com R$ 218,2 milhões em repasses do governo

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

“Dia D”: prefeitura de Manaus promove combate a dengue

Seguindo as diretrizes nacionais, a Prefeitura de Manaus promove, neste sábado (2), o “Dia D”...

Paratleta do halterofilismo garante prata no mundial

Maria de Fátima, paratleta de halterofilismo, segue em busca da vaga nas Paraolimpíadas de...

Confira os shows da Casa Zezinho Corrêa nos dias 2 e 3

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, vai receber, neste fim de semana, seis shows...

Entenda a diferença entre os sintomas de dengue e covid-19

Em meio a uma explosão de casos de dengue e o aumento de infecções...

Mais como este

“Dia D”: prefeitura de Manaus promove combate a dengue

Seguindo as diretrizes nacionais, a Prefeitura de Manaus promove, neste sábado (2), o “Dia D”...

Paratleta do halterofilismo garante prata no mundial

Maria de Fátima, paratleta de halterofilismo, segue em busca da vaga nas Paraolimpíadas de...

Confira os shows da Casa Zezinho Corrêa nos dias 2 e 3

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, vai receber, neste fim de semana, seis shows...