quarta-feira, julho 24, 2024
27.3 C
Manaus
InícioPoderDeputado quer conceder título de Cidadão do AM a Wesley Safadão; Cantor...

Deputado quer conceder título de Cidadão do AM a Wesley Safadão; Cantor já esteve sob mira do MPAM

Publicado em

Publicidade

Wesley Safadão, que já esteve na mira do Ministério Público do Amazonas (MPAM) por shows milionários no estado, pode receber o título de cidadão amazonense. O projeto de lei que concede a homenagem ao cantor cearense é de autoria do deputado estadual Cristiano D’Angelo (MDB).

Em sua justificativa, o deputado diz que Wesley teve “um papel fundamental no período da pandemia de Covid-19 num mutirão de arrecadação de recursos para ajudar centenas de famílias do Amazonas”. Segundo o parlamentar, os recursos doados pelo cantor auxiliaram na compra de equipamentos médicos como respiradores, máscaras, luvas e produtos de higiene pessoal.

A presença do artista em shows no Amazonas também é um dos motivos para conceder a ele o título de cidadão do estado. Para D’Angelo, a homenagem “também ressalta o aumento do turismo musical como uma oportunidade para o desenvolvimento da indústria do entretenimento, gerando empregos diretos e indiretos e fomentando o comércio local”.

Ações do MPAM

Porém, o cantor já foi alvo de ações do MPAM em duas situações. Em agosto de 2022, o juiz Edson Rosas Neto, da 1ª Vara de Tabatinga, determinou a suspensão do show de Safadão no município. A prefeitura iria pagar R$700 mil para a apresentação do artista no Festival Internacional de Tribos do Alto Solimões (Festisol).

“Defiro o pedido […] ora postulado para determinar a imediata suspensão da realização do show do cantor conhecido como “Wesley Safadão”, programado para ocorrer no VIII FESTISOL, entre os dias 25 e 28 de agosto de 2022, devendo o o Município se abster de ordenar e efetuar quaisquer pagamentos com recursos públicos para a dita apresentação artística”, comunicou a liminar”. O juiz acatou o pedido do MPAM.

Em setembro de 2022, o Ministério ingressou com Ação Cautelar requerendo a suspensão do pagamento de R$700 mil à Safadão por show que seria realizado no município de Novo Airão.

Segundo o MPAM, o município teria camuflado os gastos com o espetáculo, dividindo o pagamento de R$700 mil em 10 parcelas que estavam sendo pagas pela prefeitura.

“Oficiamos à prefeitura e eles não prestaram quaisquer informações. Sobre os eventuais pagamentos, soubemos, por meio da mídia, mas não é algo confirmado. Por isso, solicitamos que cautelarmente o juiz suspenda qualquer pagamento que possa estar sendo feito ao cantor ou a seu representante”, informou na época o Promotor de Justiça João Ribeiro Guimarães Netto.

Últimas Notícias

PC-AM prende mais duas pessoas por desvio de medicamentos em Manaus

Cerca de três meses depois da deflagração da primeira fase da Operação Corsário, a...

União Europeia fará doação de R$120 milhões ao Fundo Amazônia

Nesta segunda-feira (22), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a...

MEC divulga edital do ‘Enade das Licenciaturas’

O Ministério da Educação (MEC) oficializou procedimentos, regras e cronograma do primeiro Exame Nacional...

Manaus se destaca pela redução de perdas de água

Estudo do Instituto Trata Brasil revela queda de 26 pontos percentuais nos últimos anos Manaus...

Mais como este

PC-AM prende mais duas pessoas por desvio de medicamentos em Manaus

Cerca de três meses depois da deflagração da primeira fase da Operação Corsário, a...

União Europeia fará doação de R$120 milhões ao Fundo Amazônia

Nesta segunda-feira (22), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a...

MEC divulga edital do ‘Enade das Licenciaturas’

O Ministério da Educação (MEC) oficializou procedimentos, regras e cronograma do primeiro Exame Nacional...