quinta-feira, junho 20, 2024
27.3 C
Manaus
InícioGeralSociedadeViolência sexual contra meninas indígenas no AM fica Impune

Violência sexual contra meninas indígenas no AM fica Impune

Publicado em

Publicidade

A cidade de Lábrea, no sul do Amazonas foi palco de omissão e descaso contra meninas indígenas: pelo menos três menores da etnia Jamamadi, com idades entre 9 e 12 anos, foram diagnosticadas com o vírus HPV entre 2019 e 2021, um indício de possível abuso sexual.

Os casos foram reportados à coordenação regional da Funai (Fundação Nacional dos Povos Indígenas), na época sob o comando do governo de Jair Bolsonaro (PL). No entanto, as suspeitas não foram investigadas, e as crianças não receberam o tratamento adequado.

Cenário reflete problemática nacional

No Brasil, a cada 4 horas, uma mulher é vítima de violência. Em 2022, foram registrados mais de 2.400 casos, dos quais quase 500 foram feminicídios, ou seja, a cada dia, pelo menos uma mulher é morta simplesmente por ser mulher. Esses dados são provenientes da Rede de Observatórios da Segurança.

Encontro Nacional das Casas da Mulher Brasileira: Enfrentamento da Violência Sexual

Nesta semana, ocorre um importante debate sobre o enfrentamento da violência sexual contra mulheres. O 1° Encontro Nacional das Casas da Mulher Brasileira em Brasília reúne especialistas para discutir formas de salvar vidas e oferecer apoio às vítimas

O 1° Encontro Nacional das Casas da Mulher Brasileira, especialistas se reúnem em Brasília para debater e encontrar soluções efetivas no enfrentamento da violência sexual, buscando salvar vidas e oferecer apoio às vítimas.

“Ao abordarmos mulheres indígenas, negras, de periferia, quilombolas e ribeirinhas, estamos falando de pessoas que estão presentes onde a violência também é muito comum. Portanto, é de extrema importância ter uma abordagem adaptada, com um olhar especial para essa diversidade. Não podemos mais ter um atendimento padronizado em todas as situações”, destacou a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara, enfatizando a importância do acolhimento diferenciado.

Construção de Casas da Mulher Brasileira pelo Governo Federal

O governo federal anunciou a construção de 40 novas Casas da Mulher, porém, é essencial que sejam implementadas ações específicas para tratar a violência sexual contra mulheres indígenas.

Leia mais:
Maternidade na adolescência afeta mais jovens indígenas
Garimpeiros seguem prostituindo meninas Yanomamis
Médico que atendeu Yanomamis: “A pior situação humanitária que já vi”

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...

Festa dos Visitantes: Como trocar os ingressos?

Ingressos limitados serão disponibilizados nos dias 25 e 27 de junho na Escola Estadual...

Mais como este

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...