quinta-feira, junho 20, 2024
27.3 C
Manaus
InícioAmazôniaComo a COP 30 pode beneficiar o Amazonas

Como a COP 30 pode beneficiar o Amazonas

Publicado em

Publicidade

A cidade de Belém, Pará, foi escolhida para sediar a 30° Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 30). 

A Conferência ocorrerá em 2025 e são esperados cerca de 50 mil visitantes na cidade, o que inclui pesquisadores, empresários e chefes de Estado. Este é o maior evento mundial relacionado ao clima e suas mudanças. 

A intenção do presidente Lula é mostrar que o governo atual tem em suas pautas a temática de sustentabilidade, conservação do meio ambiente e mudanças climáticas. 

“Eu já participei de COP no Egito, em Paris, em Copenhague e o pessoal só fala da Amazônia. E eu dizia: ‘por que, então, não fazer a COP em um estado da Amazônia para vocês conhecerem o que é a Amazônia? Verem o que são os rios da Amazônia, as florestas da Amazônia, a fauna da Amazônia?”, afirmou Lula, quando a notícia foi confirmada. 

Como o Amazonas pode se beneficiar?

Assim que soube da notícia, o Governador do Amazonas, Wilson Lima, se reuniu com o Ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, colocando o estado do Amazonas à disposição para receber os eventos antecedentes à COP 30 – como reuniões preparatórias. 

“Eu vim conversar com o ministro das Relações Exteriores para que a gente possa fazer a construção de eventos que possam ser realizados pré-COP no estado do Amazonas: as reuniões de trabalho, por exemplo, as reuniões preparatórias. Conversei com o governador Helder, do Pará, coloquei o estado do Amazonas também à disposição”, afirmou Wilson Lima.

A escolha de Belém como sede da conferência pode trazer oportunidades significativas para o estado do Amazonas, especialmente para a capital, Manaus. A realização de um evento de grande porte como a COP 30 traz consigo uma série de demandas e necessidades logísticas, o que impulsiona diversos setores econômicos locais.

Caso essa parceria se concretize, os setores que podem se beneficiar diretamente são os de turismo, serviços, alimentação e transporte. Além disso, o evento servirá como uma vitrine para a cultura amazônica, aumentando o turismo e atraindo investimentos para a região, com efeitos positivos de longo prazo na economia local.

Leia mais:
Desmatamento segue alto na Amazônia em 2023
Explicando: a disputa do potássio no Amazonas
Território Yanomami possui a maior concentração de pistas de garimpo no Brasil

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...

Festa dos Visitantes: Como trocar os ingressos?

Ingressos limitados serão disponibilizados nos dias 25 e 27 de junho na Escola Estadual...

Mais como este

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...