segunda-feira, maio 20, 2024
26.3 C
Manaus
InícioPoderPolíticaEduardo Braga propõe proteção de outros estados a ZFM

Eduardo Braga propõe proteção de outros estados a ZFM

Publicado em

Publicidade

O relator da reforma tributária no Senado Federal, o senador Eduardo Braga (MDB), apresentou uma proposta que visa preservar a competitividade da Zona Franca de Manaus (ZFM). Sua proposta inclui a criação da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) para tributar produtos fabricados em todo o país que também são produzidos na Zona Franca de Manaus. No entanto, a isenção dessa contribuição seria concedida apenas às empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM). A iniciativa foi divulgada na quarta-feira (25), quando o relator apresentou a primeira versão de seu relatório.

A versão anterior do texto, aprovada na Câmara dos Deputados, estabelecia a manutenção da competitividade da Zona Franca por meio de um imposto seletivo, popularmente conhecido como “imposto do pecado.” Este imposto incidiria sobre produtos prejudiciais à saúde, como cigarros e bebidas alcoólicas, e ao meio ambiente, desde que também fossem fabricados na Zona Franca de Manaus, mas fora do PIM. As indústrias localizadas em Manaus estariam isentas dessa taxação.

No entanto, em resposta a pressões de diversos setores, o relator optou por não cobrar mais o imposto seletivo sobre produtos fabricados na Zona Franca de Manaus, decidindo substituí-lo pela Cide. O senador Eduardo Braga justificou a mudança afirmando que a proposta original poderia ter um efeito contraproducente.

“Apesar da necessária iniciativa da Câmara, essa alternativa tornaria o imposto seletivo em um novo Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), o que poderia gerar um efeito contrário ao pretendido, pois haveria uma distorção do imposto e seriam acirradas as disputas judiciais”, destacou Braga em seu parecer.

O relator da reforma no Senado explicou ainda: “Propomos a modificação do texto para que, em vez de criar um novo tributo, um tributo já existente em nosso ordenamento, a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), possa desempenhar esse papel.”

A versão revisada mantém a existência do imposto seletivo, porém, este continuará sendo aplicado apenas aos produtos prejudiciais à saúde e ao meio ambiente.

Além disso, a proposta do senador Braga inclui a criação do Fundo de Sustentabilidade e Diversificação Econômica do Estado do Amazonas, com o intuito de fomentar o desenvolvimento e diversificação das atividades econômicas no estado.

Leia mais:
Vazante: 35 fábricas da ZFM dão férias coletivas
ZFM registra melhor produção de motocicletas desde 2013
Produção de motos na ZFM é a melhor do ano

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Emprego no Sine: veja 423 vagas para esta segunda-feira (20)

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 423 vagas de emprego...

Cetam oferece mais de 400 vagas em cursos para Parintins

O governador Wilson Lima esteve em Parintins, na última sexta-feira (17/05), para uma série...

Veja onde buscar atendimento em uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher

A partir da próxima segunda-feira, 20/5, uma das cinco unidades móveis de saúde da...

Thiaguinho e Belo serão as atrações da Festa dos Visitantes 2024 em Parintins

Thiaguinho e Belo foram anunciados como as atrações nacionais da Festa dos Visitantes 2024,...

Mais como este

Emprego no Sine: veja 423 vagas para esta segunda-feira (20)

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 423 vagas de emprego...

Cetam oferece mais de 400 vagas em cursos para Parintins

O governador Wilson Lima esteve em Parintins, na última sexta-feira (17/05), para uma série...

Veja onde buscar atendimento em uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher

A partir da próxima segunda-feira, 20/5, uma das cinco unidades móveis de saúde da...