quinta-feira, junho 20, 2024
26.3 C
Manaus
InícioPoderDiretora do Hospital 28 de Agosto é presa por corrupção e lavagem...

Diretora do Hospital 28 de Agosto é presa por corrupção e lavagem de dinheiro

Publicado em

Publicidade

Aconteceu na manhã desta segunda-feira (26), em Manaus, a Operação Jogada Ensaiada do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Amazonas, para desarticular um esquema criminoso envolvendo corrupção, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações. Três prisões foram feitas.

Prisões

Segundo o órgão, estão envolvidos agentes públicos e empresários, e foram expedidos quatro mandados de prisão e seis mandados de busca e apreensão. Até o momento, foram confirmadas as prisões de três suspeitos de corrupção dentro do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto:

  • Querciane Alves, diretora financeira do Hospital;
  • Júlia Fernanda Miranda Marques, diretora do Hospital; e
  • Henrique Barbosa, marido de Júlia;
Em março deste ano, a diretora Júlia Marques recebeu o Diploma “Mulher Cidadã Amazonense”, do deputado estadual Adjuto Afonso.

De acordo com o MP-AM, o esquema só foi descoberto por conta das investigações de manipulação de resultados no futebol amazonense, envolvendo Henrique Barbosa, presidente do Atlético Amazonense.

Ainda conforme as investigações do Gaeco, houve favorecimento a uma empresa para o fornecimento de serviço de agentes de portaria para o Hospital 28 de Agosto, sendo identificado sobrepreço na contratação, que resultou em prejuízo aos cofres públicos estimado em 2 milhões de reais.

O Gaeco informa que houve, ainda, repasse de valores aos gestores da unidade hospitalar utilizando a intermediação de uma empresa de gestão esportiva.

SES-AM

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) informou que todos os servidores envolvidos na operação foram afastados dos seus cargos. E que o Hospital já está sendo administrado por um gestor interino.

“A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), esclarece que não compactua com qualquer prática criminosa e informa que todos os servidores envolvidos em operação deflagrada pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM), foram afastados dos seus cargos. A secretaria reforça que está colaborando com as investigações. Por fim, a SES informa ainda que a unidade já está sendo administrada por um gestor interino”, diz a nota.

Leia mais:
Quem pediu PIX para Bolsonaro? Aliados lançam ‘vaquinha’
Vereadores aprovam alteração em área ambiental para construir posto de gasolina

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...

Festa dos Visitantes: Como trocar os ingressos?

Ingressos limitados serão disponibilizados nos dias 25 e 27 de junho na Escola Estadual...

Mais como este

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...