sábado, abril 20, 2024
27.3 C
Manaus
InícioGeralEconomiaGuia: Como economizar energia durante o verão amazônico

Guia: Como economizar energia durante o verão amazônico

Publicado em

Publicidade

No Amazonas, é chamado de “verão amazônico” o período entre julho e dezembro, quando os índices pluviométricos caem em toda a região amazônica. O aumento da temperatura, somada com o período de seca dos rios, traz para os cidadãos um crescimento no uso de aparelhos elétricos em casa, numa tentativa de combater o calor. Por isso, é comum ver uma elevação substancial no valor da conta de energia.

De acordo com dados da Amazonas Energia, o mês de maior consumo de energia elétrica na história do estado foi setembro de 2022, quando o consumo no Amazonas atingiu a marca de 1.929.355 kW. Além disso, o consumo de energia durante o verão amazônico no estado cresce, em média, 13,73%.

Quais aparelhos consomem mais energia?

FOTO: Mapa da Obra

De todos os aparelhos eletrônicos comuns nas casas amazonenses, o maior vilão das contas é o ar-condicionado. Um aparelho de 12.000 BTUs representa, na conta de luz, entre 181,6 kWh e 260 kWh se permanecer ligado durante 8 horas todos os dias. Esse número, se calculado pelo valor do kWh cobrado na capital amazonense (R$0,83), representa um valor entre R$150,72 e R$215,80 no fim do mês.

Outro aparelho de alto consumo é a geladeira. De acordo com dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), um refrigerador com freezer de 350 litros gasta, em média, 53,1KWh por mês. Na conta de luz, o índice representa cerca de R$44,07. Fatores como falta de manutenção e quantidade de itens podem aumentar esse valor, entretanto.

Mas, como como combater o calor e economizar ao mesmo tempo? O aumento da conta de energia durante o verão amazônico é inevitável, porém, algumas dicas podem ajudar o consumidor a otimizar o uso de diversos aparelhos para reduzir o seu consumo de energia elétrica ao mínimo. A Gazeta da Amazônia trouxe algumas dessas dicas:

Como economizar energia durante o verão?

1. Limpe os filtros

Um aparelho elétrico com a manutenção em dia consome menos energia. Quando um aparelho está com todas as suas peças em bom estado de funcionamento, ele opera de maneira mais eficiente, o que resulta em um consumo menor de energia.

Quando os filtros de ar-condicionado, secadora de roupas e aspiradores de pó estão sujos e entupidos com poeira e outros resíduos, eles restringem o fluxo de ar e forçam o aparelho a trabalhar mais para alcançar o mesmo resultado. Isso significa que o aparelho precisa consumir mais energia para manter o desempenho desejado. Por isso, é importante manter os filtros desses produtos sempre limpos.

2. Use aparelhos que geram calor em horas mais frescas

Fornos, máquinas de lavar, lavadoras de louça, computadores de mesa e outros aparelhos geram calor durante o funcionamento. Esse calor, somado à temperatura ambiente elevada durante o verão, pode resultar em uma perda significativa de energia, pois os aparelhos precisam trabalhar mais para manter sua eficiência operacional.

O calor gerado pelos aparelhos não apenas representa energia desperdiçada, mas também aumenta a necessidade de resfriamento do ambiente. Isso muitas vezes leva ao uso mais frequente de ar-condicionado para manter a temperatura confortável.

Uma estratégia para economizar energia nessas situações é aproveitar as temperaturas mais frescas durante a noite ou nas primeiras horas da manhã para realizar tarefas utilizando equipamentos que geram calor, como lavar roupas ou cozinhar no forno.

3. Compre lâmpadas LED

As lâmpadas LED são mais eficientes em termos energéticos do que as lâmpadas incandescentes e fluorescentes. Apesar do custo um pouco maior, o modelo mais moderno traz uma economia a longo prazo. Uma lâmpada LED utiliza 10W para emitir o mesmo nível de iluminação que uma lâmpada incandescente que utiliza 60W.

Além disso, a durabilidade das lâmpadas LED é uma vantagem adicional para os consumidores. As lâmpadas LED têm uma vida útil muito maior do que as lâmpadas incandescentes ou fluorescentes. Enquanto as lâmpadas incandescentes geralmente duram cerca de 1.000 horas e as fluorescentes em torno de 8.000 horas, as lâmpadas LED podem durar até 25.000 horas ou mais, dependendo do modelo.

4. Não tenha medo de ligar o ventilador

Um dos maiores aliados dos amazonenses no verão, o ventilador muitas vezes é ofuscado pelo ar-condicionado por sua potência maior. Apesar de também serem um aparelho que pode gerar um custo maior na conta de luz no fim do mês, o consumo dos ventiladores costuma, em média, ser em torno de 10% a 20% o consumo de um aparelho de ar condicionado. Ou seja, se ligado pelo mesmo tempo que um ar-condicionado, representa na conta de luz um valor aproximado entre R$21,00 e R$42,00.

Quando a temperatura do ar permitir, dar preferência ao ventilador em vez do ar-condicionado para refrescar o ambiente pode levar a uma economia substancial no fim do mês. A flexibilidade no controle de ventiladores ajuda, já que é possível ajustar a velocidade do ventilador e sua direção para obter o nível de conforto desejado sem comprometer drasticamente o consumo de energia.

5- Na hora da compra, prefira aparelhos mais eficientes

O verão amazônico também é o momento em que muitos amazonenses precisam trocar ou renovar seus aparelhos elétricos para lidar com o aumento do calor. Mesmo que seja tentador comprar um modelo mais barato ou de qualidade mais baixa, esse tipo de compra não vale a pena a longo prazo. Além da necessidade maior de manutenção enfrentada por aparelhos mais baratos, a eficiência energética dos aparelhos é um grande fator na conta de luz.

Ao comprar novos eletrodomésticos, verifique a classificação de eficiência energética do Inmetro. O sistema tem uma escala de letras que vai de A até E. Os aparelhos que recebem a letra A são os mais eficiente, enquanto os classificados como E são menos eficientes. Além disso, outro bom indicativo é o selo do Programa Nacional de Eficiência Energética (Procel), que representa que o aparelho possui consumo de eletricidade menor e com baixo nível de desperdício, ou seja, perda de energia.

Leia mais:
Estiagem comprometerá distribuição de alimentos para 500 mil pessoas no AM
Seca dos rios afeta viagens de barco e causa desabastecimento no Amazonas
Governo e Amazonas Energia dizem que não faltará luz no interior na seca

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Isabelle retorna a Manaus neste sábado após o BBB24

Após conquistar o terceiro lugar no Big Brother Brasil (BBB24), da Rede Globo, Isabelle...

Vacinação contra dengue encerra para público de 4 a 59 anos em Manaus

A Prefeitura de Manaus informa que as doses da vacina contra dengue para pessoas...

Veja a programação da Casa de Praia Zezinho Corrêa para o fim de semana

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, um espaço gerido pela Prefeitura de Manaus através...

Amazonas: Boletim aponta aumento de casos de Síndrome Respiratória

O Boletim InfoGripe da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado recentemente, ressalta um cenário preocupante...

Mais como este

Isabelle retorna a Manaus neste sábado após o BBB24

Após conquistar o terceiro lugar no Big Brother Brasil (BBB24), da Rede Globo, Isabelle...

Vacinação contra dengue encerra para público de 4 a 59 anos em Manaus

A Prefeitura de Manaus informa que as doses da vacina contra dengue para pessoas...

Veja a programação da Casa de Praia Zezinho Corrêa para o fim de semana

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, um espaço gerido pela Prefeitura de Manaus através...