sábado, março 2, 2024
24.3 C
Manaus
InícioPoderEx-prefeito de Barreirinha é condenado a 6 anos de prisão

Ex-prefeito de Barreirinha é condenado a 6 anos de prisão

Publicado em

Publicidade

O ex-prefeito de Barreirinha, Mecias Pereira Batista, foi condenado pela Justiça da cidade a uma pena de seis anos, sete meses e vinte e oito dias de reclusão em regime semiaberto, com cumprimento em prisão domiciliar. A condenação se deve à compra de bilhetes aéreos em benefício de familiares e terceiros que não eram parte dos funcionários da prefeitura.

O Ministério Público do Amazonas (MPE-AM) denunciou que, entre 2009 e 2016, enquanto Mecias era prefeito de Barreirinha, ele usou fundos públicos da prefeitura para adquirir um grande número de passagens aéreas para familiares e pessoas que não faziam parte do corpo de servidores municipais. Isso incluiu viagens de filhos e netos de Mecias entre Manaus e Parintins.

Além da pena de prisão, o ex-prefeito também deve reembolsar o município pelos gastos com as passagens aéreas.

Leia mais:
Deslizamento engole casas em Barreirinha; veja o vídeo

Com informações de AM em Pauta*

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Confira os shows da Casa Zezinho Corrêa nos dias 2 e 3

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, vai receber, neste fim de semana, seis shows...

Entenda a diferença entre os sintomas de dengue e covid-19

Em meio a uma explosão de casos de dengue e o aumento de infecções...

“Alerta Mulher” tem mais de 2,3 mil mulheres cadastradas

Desde a criação, nenhuma mulher cadastrada foi vítima de feminicídio tentado ou consumado Desempenhando um...

Concurso da Caixa: inscrições já começam; veja como participar

A Caixa Econômica Federal iniciou as inscrições para seu novo concurso, disponibilizando mais de...

Mais como este

Confira os shows da Casa Zezinho Corrêa nos dias 2 e 3

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, vai receber, neste fim de semana, seis shows...

Entenda a diferença entre os sintomas de dengue e covid-19

Em meio a uma explosão de casos de dengue e o aumento de infecções...

“Alerta Mulher” tem mais de 2,3 mil mulheres cadastradas

Desde a criação, nenhuma mulher cadastrada foi vítima de feminicídio tentado ou consumado Desempenhando um...