sexta-feira, março 1, 2024
28.3 C
Manaus
InícioAmazôniaPesquisa: corante natural amazônico pode substituir tartrazina

Pesquisa: corante natural amazônico pode substituir tartrazina

Publicado em

Publicidade

Uma pesquisa apoiada pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), realizada via Programa Kunhã – CT&I no Amazonas, apresenta avanços na substituição de corantes artificiais por corantes provenientes de resíduos de frutos amazônicos ricos em vitamina A.

Pesquisa

A pesquisa, intitulada “Estudo para substituição de corante artificial por carotenóides de resíduos de frutos amazônicos com aplicação tecnológica limpa”, busca viabilizar a produção de corantes por meio de processos integrados, promovendo eficiência ambiental.

Coordenada pela pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Francisca das Chagas do Amaral Souza, a pesquisa utiliza extratos de carotenóides provenientes de resíduos do umari (Poraqueiba sericea), tucumã (Astrocaryum aculeatum) e buriti (Mauritia flexuosa) para substituir o corante sintético amarelo tartrazina.

O emprego de tecnologia limpa e econômica visa não apenas a substituição da tartrazina mas também a valorização dos subprodutos de frutos amazônicos, contribuindo para a redução do desperdício e minimização dos impactos ambientais.

“A utilização de tecnologia limpa e econômica torna-se uma alternativa viável para extração de compostos bioativos e corantes ainda presentes nos subprodutos de frutos amazônicos, além de agregar valor e aproveitar os compostos biologicamente ativos, aumentando a gama de produtos oferecidos”, destaca Francisca.

Corante natural

Corante produzido pela pesquisa da Fapeam.
Corante produzido pela pesquisa da Fapeam. FOTO: Nathalie Brasil – Fapeam

O colorífico natural obtido por meio dessa pesquisa poderá ser incorporado em novas formulações de alimentos, preservando aromas e colorações naturais dos frutos. A pesquisa visa atender às demandas por alternativas mais saudáveis, uma vez que corantes sintéticos, comumente utilizados, podem causar irritações.

Francisca ressalta que a pesquisa terá impacto significativo na comunidade científica, gerando novos conhecimentos sobre os usos dos frutos amazônicos, e na população, ao conscientizar sobre os benefícios dos alimentos para a qualidade de vida.

O Programa Kunhã – CT&I no Amazonas, responsável pelo financiamento da pesquisa, tem como objetivo apoiar atividades de pesquisa científica, tecnológica e inovação que contribuam para o desenvolvimento socioeconômico e ambiental do estado, alinhado aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Leia mais:
Desmatamento na Amazônia em novembro foi o menor desde 2017
Pesquisa: mudanças climáticas podem intensificar transmissão de doenças tropicais
Pesquisa da Fapeam busca novos tratamentos contra o câncer

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Alckmin virá a Manaus em reunião do aniversário da Suframa

O ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, bem como vice-presidente da República, Geraldo...

Garantido descarta ficar sem Isabelle de cunhã poranga no festival

O presidente do Boi-Bumbá Garantido, Fred Góes, assegura que Isabelle Nogueira, atual participante do...

Operação Pirâmide de Ouro prende pai e filhos

Na manhã desta quarta-feira (28/2), a Polícia Federal (PF) e a Receita Federal desencadearam...

AGU quer anular lei que proíbe crianças na Parada LGBT+ no AM

Na terça-feira (27), a Advocacia-Geral da União (AGU) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF)...

Mais como este

Alckmin virá a Manaus em reunião do aniversário da Suframa

O ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, bem como vice-presidente da República, Geraldo...

Garantido descarta ficar sem Isabelle de cunhã poranga no festival

O presidente do Boi-Bumbá Garantido, Fred Góes, assegura que Isabelle Nogueira, atual participante do...

Operação Pirâmide de Ouro prende pai e filhos

Na manhã desta quarta-feira (28/2), a Polícia Federal (PF) e a Receita Federal desencadearam...