sexta-feira, junho 21, 2024
31.3 C
Manaus
InícioGeralEconomiaManaus é a quinta cidade mais rica do Brasil

Manaus é a quinta cidade mais rica do Brasil

Publicado em

Publicidade

Manaus é reconhecida como uma das capitais de maior Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil desde o fim do século XIX. Em 2002, a capital amazonense ocupava o 7° lugar entre as cidades de maior PIB, acima de capitais como Porto Alegre (RS), Salvador (BA) e Belém (PA); o crescimento apenas aumentou de ritmo nos últimos 20 anos, elevando Manaus à 5ª posição no ranking das cidades mais ricas do Brasil.

Manaus Entre as Cinco Cidades Mais Ricas do Brasil

A capital amazonense se destaca entre as cidades mais ricas do Brasil por seu rápido aumento de PIB. Nos últimos 10 anos (entre 2012 e 2021), Manaus atingiu uma expansão econômica de 86%, tendo apresentado o maior crescimento entre as cidades da Amazônia Legal área na qual a Amazônia brasileira está situada, e que compreende os estados de Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, além de uma parte significativa do Maranhão.

Manaus superou, ainda, outras duas capitais do Brasil que possuíam um PIB superior na coleta de dados de 2002: Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS), que eram a 5ª e 6ª maior economia do Brasil, respectivamente, foram deslocadas para a 6ª e 9ª posição com o aumento do PIB de Manaus.

Outras Cidades Mais Ricas do Brasil

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o PIB do Brasil foi de aproximadamente R$ 9 trilhões em 2021. A título de comparação, somente as três cidades de maior PIB foram responsáveis por 16,4%. A área de maior PIB do Brasil, a região metropolitana de São Paulo, foi responsável por quase 1/4 do produto interno nacional, representando 22,6% dos recursos econômicos produzidos.

Confira a lista das 5 cidades mais ricas do Brasil:

1°: São Paulo (SP) – 9,2% do PIB nacional

2°: Rio de Janeiro (RJ) – 4%

3°: Brasília (DF) – 3,2%

4°: Belo Horizonte (MG) – 1,2%

5°: Manaus (AM) – 1,1%

As cidades de Curitiba (PR), Osasco (SP), Maricá (RJ), Porto Alegre (RS), Guarulhos (SP) e Fortaleza (CE) ocupam as demais colocações na lista dos 10 maiores PIBs do país. Destas, somente Maricá, Osasco, Guarulhos não são capitais, apesar de Maricá ser a única representante das cidades médias na lista.

10 Maiores Economias da Amazônia Legal

Entre os municípios da Amazônia Legal, o destaque de Manaus fica ainda mais evidente. A capital amazonense ocupa o primeiro lugar com folga, e o PIB de R$103,3 bilhões representa mais que o dobro da segunda cidade mais rica da região, Parauapebas (PA).

Parauapebas é uma cidade de pouco mais de 200 mil habitantes, situada a 700km da capital do estado, Belém. Nela, a atividade econômica responsável pela maior parte da produção econômica é a extração mineral de ferro, manganês e ouro, conduzida pela empresa Vale. O PIB do município representa cerca de 18,94% da economia do estado, ultrapassando até mesmo a capital.

Confira os 10 municípios de maior PIB da Amazônia Legal:

Tabela dos 10 municípios mais ricos da Amazônia Legal.
Tabela dos 10 municípios mais ricos da Amazônia Legal. FONTE: Amazônia Real, com dados do IBGE

PIB do Amazonas

Quando o assunto é capital de estado, os dados de Manaus também chamam a atenção. Enquanto estados como Pará, Tocantins e Maranhão possuem capitais que representam uma pequena parcela do PIB do estado, a cidade de Manaus é responsável solitária por 78,5% do Produto Interno Bruto do Amazonas.

Os números são semelhantes ao de Boa Vista (RR), que concentra 74% da riqueza do estado de Roraima. As consequências são uma economia mal distribuída, que resulta em desigualdade social entre os municípios, que precisam ser sustentados pela capital.

Inclusive, o PIB do Amazonas em 2021 foi de R$ 131,5 bilhões, um aumento de 13,37% em relação ao ano de 2020, quando o Produto Interno registrado foi de R$ 116 bilhões. O valor total representa 1,5% do PIB nacional, que foi de aproximadamente R$ 3 bilhões. A economia de todos os outros 61 municípios do Amazonas, excluindo Manaus, chegou a uma contribuição de apenas 0,3% do PIB.

Entre os estados, o Amazonas ocupa a 16ª colocação entre os estados mais ricos. Abaixo do AM, estão os estados de Maranhão (1,4%), Paraíba (0,9%), Rio Grande do Norte (0,9%), Alagoas (0,8%), Piauí (0,7%), Sergipe (0,6%), Tocantins (0,6%), Rondônia (0,6%), Amapá (0,2%) e Roraima (0,2%).

O Que Mais Fortaleceu a Economia no Amazonas?

No Amazonas, a atividade responsável pela maior parte do PIB é a indústria da transformação, que é caracterizada pela transformação de matérias-primas e componentes em produtos acabados. Nesse setor, ocorre a criação de bens tangíveis por meio de processos de fabricação, muitas vezes envolvendo a utilização de máquinas, equipamentos e mão de obra especializada.

As empresas que operam na indústria da transformação geralmente recebem insumos ou matérias-primas, aplicam processos de produção e tecnologia para transformá-los em produtos finais, que são então distribuídos para os consumidores.

No Amazonas, o maior agente deste segmento da indústria é a Zona Franca de Manaus (ZFM). As empresas instaladas na região têm acesso a benefícios fiscais, como isenção de impostos, e o modelo serve como o principal motor econômico do estado. A ZFM abriga empresas de produção dos mais variados setores, passando por eletrônicos e tecnologia, bens de consumo eletrodomésticos, produtos de higiene pessoal e cosméticos — automotivos e petroquímicos.

Leia mais:
Por que o Rio Negro não se mistura com o Rio Solimões?
Bandeira do Amazonas: Descubra seu significado na história do estado
Rios da Amazônia podem facilitar proliferação da malária

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Estiagem 2024: Amazonas deve decretar emergência em 10 dias

Diante do baixo nível dos rios já no início da estiagem, o governador do...

Codam aprova investimento de R$ 698 milhões para o polo industrial

Estimativa de criação de 991 empregos nos próximos três anos e realocação de 403...

Festival de Parintins: Caprichoso Completa 95% dos preparativos

Preparativos avançam na reta final com últimos ajustes Com pouco mais de uma semana para...

Operação da Polícia Civil apreende mais de 1500 produtos falsificados em Manaus

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Crimes contra...

Mais como este

Estiagem 2024: Amazonas deve decretar emergência em 10 dias

Diante do baixo nível dos rios já no início da estiagem, o governador do...

Codam aprova investimento de R$ 698 milhões para o polo industrial

Estimativa de criação de 991 empregos nos próximos três anos e realocação de 403...

Festival de Parintins: Caprichoso Completa 95% dos preparativos

Preparativos avançam na reta final com últimos ajustes Com pouco mais de uma semana para...