sábado, fevereiro 24, 2024
32.3 C
Manaus
InícioGeralEducaçãoGoverno estuda renegociação de dívidas do Fies com até 99% de desconto

Governo estuda renegociação de dívidas do Fies com até 99% de desconto

Publicado em

Publicidade

Na última quarta-feira (1), o ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou medidas significativas para a renegociação de dívidas de estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Essa iniciativa permitirá aos estudantes que enfrentam dificuldades financeiras a oportunidade de aliviar suas dívidas, com a possibilidade de descontos que podem chegar a até 99% em juros e multas.

A sanção da lei do Pacto Nacional pela Retomada de Obras Inacabadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, também na quarta-feira, incluiu disposições específicas relacionadas à renegociação de dívidas dos estudantes inadimplentes do Fies.

Dívidas do Fies

Atualmente, o Fies conta com 1,2 milhão de contratos inadimplentes, totalizando um saldo devedor de aproximadamente R$ 54 bilhões. A iniciativa de renegociação visa aliviar a carga financeira dos estudantes que estão em atraso com seus pagamentos, proporcionando-lhes a oportunidade de regularizar suas situações financeiras.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, o ministro Camilo Santana enfatizou a necessidade de simplificar o Fies, afirmando que o programa “se burocratizou demais”. Ele também destacou que o governo está considerando modificações no programa para torná-lo mais acessível e social, uma vez que acredita que o Fies deve ser um instrumento de acesso à educação superior para jovens. O presidente Lula complementou essa visão, enfatizando a importância de as pessoas continuarem seus estudos e encorajando aqueles que estão enfrentando dificuldades financeiras a buscar a renegociação de suas dívidas.

Nova Lei

As vantagens da renegociação serão direcionadas aos estudantes com débitos que estão vencidos e não pagos há mais de 90 dias em 30 de junho de 2023. A lei, aprovada pelo Congresso Nacional em outubro, também traz condições mais favoráveis de amortização para os contratos celebrados até o final de 2017.

De acordo com o texto da lei, os estudantes que possuem dívidas vencidas e não pagas há mais de 360 dias em 30 de junho de 2023, e que estejam inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) ou tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021, poderão receber descontos de até 99% do valor total da dívida, incluindo o montante principal, por meio da liquidação integral do saldo devedor.

Para aqueles que não se enquadram nessas condições, mas ainda têm débitos vencidos há mais de 360 dias em 30 de junho de 2023 e desejam amortizar seus contratos, será oferecido um desconto de até 77% sobre o valor total da dívida. Essas medidas visam criar um ambiente mais favorável para que os estudantes inadimplentes possam regularizar suas situações financeiras e continuar a buscar o acesso à educação superior.

Leia mais:
Virou lei: pensão para órfãos de vítimas de feminicídio
Nova lei facilita uso de bens como garantia em empréstimos múltiplos; entenda

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Fevereiro Verde: Voluntários limpam a Ponta Negra

Em consonância com o "Fevereiro Verde", mês dedicado à conscientização ambiental, a Papelito, conhecida...

Pré-candidato Amom fala sobre autismo, nepotismo e arborização

O cenário político de Manaus ganha destaque com a pré-candidatura de Amom Mendel (Cidadania)...

Crianças indígenas recebem vacina contra dengue em Manaus

Crianças indígenas da comunidade Parque das Tribos, em Manaus, foram as pioneiras a receber...

Seduc anuncia resultado do programa Jovem Bilíngue; Confira

A Secretaria de Educação do Amazonas (Seduc) divulgou o resultado final do programa Jovem...

Mais como este

Fevereiro Verde: Voluntários limpam a Ponta Negra

Em consonância com o "Fevereiro Verde", mês dedicado à conscientização ambiental, a Papelito, conhecida...

Pré-candidato Amom fala sobre autismo, nepotismo e arborização

O cenário político de Manaus ganha destaque com a pré-candidatura de Amom Mendel (Cidadania)...

Crianças indígenas recebem vacina contra dengue em Manaus

Crianças indígenas da comunidade Parque das Tribos, em Manaus, foram as pioneiras a receber...