quarta-feira, junho 19, 2024
28.3 C
Manaus
InícioGeralEducaçãoSilves vai ter escola técnica de Gás e Energia, no AM

Silves vai ter escola técnica de Gás e Energia, no AM

Publicado em

Publicidade

A escola estadual Agobar Garcia, em Silves, será transformada na sexta unidade do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) no interior do Amazonas: a Escola de Formação Técnica de Gás e Energia. As obras de readequação já estão em andamento e, ao final, a previsão é de atender aproximadamente 1.200 alunos.

Dessa forma, a unidade educacional sai da gestão da Secretaria de Educação e Desporto (Seduc) e passa ao controle do Cetam, que será o responsável pela readequação estrutural para atender cursos de educação profissional e tecnológica. Os cursos ofertados terão carga horária mínima de 800 horas, concluídos em dois semestres.

O curso de formação terá parceria com a empresa Eneva, a maior operadora privada de gás natural em terra do Brasil e que está explorando o chamado Campo do Azulão.

Segundo a empresa, serão elaboradas estratégias em conjunto com o Governo do Estado para evitar a evasão de estudantes em treinamento, o que pode incluir a oferta de bolsas de estudo e apoio com alimentação para estudantes de baixa renda, além da realização de palestras, visitas e aulas práticas para integrar os estudantes ao mercado.

“Nós chegamos no Amazonas com o primeiro projeto para transformar o gás, aqui, em estado líquido e poder enviar para Roraima. No ponto final deste projeto, teremos um complexo de quase 1 giga, aqui, instalado no interior do Amazonas. O Amazonas será exportador de energia e, ainda, com um projeto perene, perpétuo de exploração de hidrocarboneto”, disse o diretor de relações externas da Eneva, Damian Popolo.

Além do Governo do Estado e da empresa Eneva, a Prefeitura de Silves irá prover apoio logístico aos estudantes de comunidades ribeirinhas que cursarão o treinamento oferecido.

Cetam

Atualmente, o Cetam de Silves atende 280 alunos nos cursos de: técnico em Petróleo e Gás (45 em duas turmas), Segurança do Trabalho (21), Eletrotécnica (30), Florestas (28), Enfermagem (36) e qualificação profissional em Agente de Portaria (25), Assistente Administrativo (25), Operação em Logística (25), Almoxarife (25) e Auxiliar de Contabilidade (20).

A nova escola dispõe de bloco administrativo, formado pela diretoria, secretaria, sala de professores, cozinha e depósito. Já o bloco pedagógico é composto por 12 salas de aulas tradicionais e uma biblioteca. Além disso, existem espaços comuns formados por cantina, banheiros e áreas de convivência.

Leia mais:
Consumo de gás natural registra crescimento no AM, diz Cigás
Silves e Itapiranga recebem iluminação de LED
AM receberá mais de metade dos investimentos da Eneva

Últimas Notícias

Visitação de carros e motos em leilão pelo Detran-AM começa hoje (19)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) começa nesta quarta-feira (19/06) a visitação...

Câmara terá comissão para discussão da PL do aborto, diz Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), informou nesta terça-feira (18) que...

Saneamento em Manaus: tratar o efeito mitiga a consequência, mas não ataca a causa

No último relatório do Instituto Trata Brasil, divulgado este ano, Manaus se destacou negativamente,...

Lula diz que poderá ser candidato para evitar que “trogloditas” voltem ao poder

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que poderá se candidatar...

Mais como este

Visitação de carros e motos em leilão pelo Detran-AM começa hoje (19)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) começa nesta quarta-feira (19/06) a visitação...

Câmara terá comissão para discussão da PL do aborto, diz Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), informou nesta terça-feira (18) que...

Saneamento em Manaus: tratar o efeito mitiga a consequência, mas não ataca a causa

No último relatório do Instituto Trata Brasil, divulgado este ano, Manaus se destacou negativamente,...