sábado, junho 15, 2024
32.3 C
Manaus
InícioPoderJoana Darc pode ser investigada por quebra de decoro parlamentar

Joana Darc pode ser investigada por quebra de decoro parlamentar

Publicado em

Publicidade

Nesta sexta-feira (14/07), uma Organização Não Governamental, Change.org, encaminhou um pedido à Comissão de Ética da Aleam, para investigar a deputada estadual Joana Darc, por quebra de decoro parlamentar. A ONG conseguiu mais de 21 mil assinaturas.

Essa não é a primeira vez que o nome da deputada entra em polêmica esse mês. Joana Darc faltou sessões na Assembleia Legislativa no Estado (Aleam), para comparecer a um cruzeiro do cantor Wesley Safadão, deixando de participar da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias, considerada a pauta mais importante do primeiro semestre.

Entenda

A investigação é motivada pela série de atos realizados pela deputada ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e seus agentes públicos e trabalhadores, no episódio que envolveu o amazonense, Agenor Tupinambá e o resgate da capivara Filó. 

A petição teve início em maio, dentre as justificativas expostas no site da ONG estão as “ações não autorizadas e violentas para com animais, servidores públicos federais e seu patrimônio”. A ONG afirma ainda que Joana Darc “utilizou, de forma sensacionalista, as redes sociais para convocar o público em apoio a seu objetivo, filmou, fotografou e transmitiu ao vivo as ações orquestradas”.

Eles solicitam que a “referida parlamentar pare de perseguir aqueles que se opõem à sua forma de atuar politicamente na “proteção ambiental e animal” e que seja devidamente repreendida por suas ações que difamam, ameaçam e vem oprimindo protetores, pesquisadores, conservacionistas, servidores e ambientalistas do Estado do Amazonas”.

No documento que foi encaminhado à Aleam, os solicitantes reforçam que “a parlamentar cometeu assédio e ameaça contra uma servidora pública federal, produziu vídeos de difamações que foram publicados na Internet. Um ato repugnante e contrário à ética parlamentar!”.

Confira na íntegra:

Pedido denúncia Joana Darc (Foto: Reprodução)

Próximos Passos

As atividades na Aleam retornam no dia 1º de agosto.

Se acatado, será a segunda vez que Joana Darc responde à um processo no Conselho de Ética. Em 2020, ela foi investigada, após sugerir que o deputado Roberto Cidade comprou votos para se eleger presidente da Assembleia.

Leia mais:
Joana Darc faz Aleam rever regras de repasses de emendas

Joana Darc pede suspensão das aulas por 10 dias no AM
Participação das mulheres na política a passos lentos

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

CMM é finalista no Prêmio das Melhores Escolas do Mundo 2024

O Colégio Militar de Manaus (CMM) foi selecionado como um dos finalistas do Prêmio...

Lula aborda aborto e desoneração durante a Cúpula do G7

Em visita ao continente europeu desde quinta-feira (13), onde participou como convidado da Cúpula...

Programação cultural gratuita na Casa de Praia Zezinho Corrêa

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, administrada pela Prefeitura de Manaus através da Secretaria...

Operação na Base Arpão 2 leva à maior apreensão de drogas no AM

Apreensão recorde de droga no Amazonas As Forças de Segurança do Amazonas realizaram a maior...

Mais como este

CMM é finalista no Prêmio das Melhores Escolas do Mundo 2024

O Colégio Militar de Manaus (CMM) foi selecionado como um dos finalistas do Prêmio...

Lula aborda aborto e desoneração durante a Cúpula do G7

Em visita ao continente europeu desde quinta-feira (13), onde participou como convidado da Cúpula...

Programação cultural gratuita na Casa de Praia Zezinho Corrêa

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, administrada pela Prefeitura de Manaus através da Secretaria...