quinta-feira, maio 30, 2024
25.3 C
Manaus
InícioColunistasCarla BarbosaOs desafios de modernizar a região Norte do Brasil

Os desafios de modernizar a região Norte do Brasil

Publicado em

Publicidade

A região Norte do Brasil é cercada de particularidades, entre elas, e talvez a mais conhecida, é sua composição verde, formada especialmente pela Floresta Amazônica. Em meio à imensidão da natureza, surgem também grandes desafios logísticos para integrar todo a região ao restante do país e do mundo.

Guardião da floresta amazônica, o Amazonas detém também o título de maior estado do país em extensão territorial. Sua área é maior que a da França, Espanha, Suécia e Grécia juntas. Se fosse um país, o Amazonas seria a 16ª maior nação do mundo em área territorial, superando territórios como a da Mongólia. Em aspectos práticos, a geografia do estado interfere na complexidade do transporte de pessoas, cargas, entre outros.

Diferente da maior parte do Brasil, o principal meio de transporte no Amazonas é feito por vias fluviais. Cortado por uma série de rios extensos e volumosos, as embarcações se tornaram o principal meio logístico do estado. No entanto, o custo e o tempo para fazer com que mercadorias essenciais cheguem aos consumidores é alto. Nesse contexto, os aeroportos passaram a desempenhar um papel fundamental nos municípios onde estão localizados, atuando como facilitadores e contribuindo com desenvolvimento econômico e social da região.

A empresa Passarelli Engenharia, contratada pela Concessionária Aeroportos da Amazônia é responsável pelas obras de modernização, ampliação e restauração de três aeroportos nos municípios de:

Tefé

O Aeroporto de Tefé é uma porta de entrada importante da região do Médio Solimões e é estratégico para a atividade comercial local. Além disso, é um importante ponto de ligação do interior do Amazonas com a capital. Distante apenas 4 km do centro da cidade, dispõe de uma pista de 2.200m de comprimento. Banhada pelas águas do lago de mesmo nome, Tefé está localizada no centro da Amazônia internacional.

Tabatinga

O Aeroporto de Tabatinga está distante apenas 2 km do centro da cidade e está localizado em área de fronteira do Brasil com a Colômbia e o Peru, na região do Alto Solimões. Uma das principais vias de acesso ao extremo oeste do Amazonas, tem papel estratégico para atividades comerciais e militares. O Aeroporto tem atividades domésticas e internacionais, e dispõe de uma pista com 2.150m de comprimento.

Manaus

O Aeroporto Internacional de Manaus foi construído em 1976 e tem capacidade para 13,5 milhões de passageiros. Um dos principais aeroportos da região Norte, tem a função estratégica de integrar a imensa região amazônica ao resto do país e às cidades dentro dela. Com capacidade de receber aeronaves de código de referência 4E, dispõe de uma pista de 2.700m de comprimento e um terminal de passageiros. O estacionamento, no subsolo, tem capacidade de abrigar cerca de 1,4 mil automóveis.

Desafio logístico

Com objetivo de modernizar e aprimorar a infraestrutura aeroportuária na região Norte do Brasil, a empresa elencou alguns dos principais desafios logísticos em enfrentados no processo.

Em Tefé e Tabatinga, por exemplo, a maior parte dos insumos é transportada por balsas ou barcas. Compreender a logística única dessas localidades está sendo fundamental para o cumprimento e andamento das obras, uma vez que as intervenções envolvem uma série de adaptações e melhorias complexas.

Desafio ambiental

A principal intervenção está acontecendo no aeroporto de Manaus. Além da modernização das infraestruturas, em alinhamento com a política ambiental da Concessionária dos Aeroportos da Amazônia, membro da Rede VINCI Airports, o projeto contempla medidas de responsabilidade ambiental. Iniciativas como o plantio de árvores nativas no canteiro de obras, serão, posteriormente, geridas por uma Organização Não-Governamental que atua com reflorestamento.

O propósito é disseminar junto aos trabalhadores a sinergia entre produção e meio ambiente. Além disso, a água condensada dos aparelhos de ar condicionado instalados no canteiro de obra é coletada e utilizada para irrigação de áreas verdes.

Outras intervenções

As intervenções incluem, ainda, adaptações nas faixas para pousos e decolagens, melhorias na iluminação, aprimoramento do sistema de drenagem das pistas e a modernização do terminal de embarque.

No aeroporto de Tefé, será feita a revitalização da pista, implementando um novo sistema de drenagem, melhorando a iluminação, e, ainda, pequenas intervenções internas no terminal de passageiros.

Vazão do rio

Como se já não bastasse a complexidade logística para que os insumos cheguem ao destino, o cronograma das obras dependem ainda de um fator completamente externo. A vazão dos rios, assunto bastante comentado nos últimos dias em virtude da seca recorde no Amazonas.

As balsas costuma levam entre 10 e 20 dias, dependendo do nível do Rio Solimões. Portanto, no planejamento da obra, há de se considerar o clima, já que durante cerca de oito meses do ano, a região enfrenta um período de chuvas e cheias.

Peculiaridades da região

Como falamos no início, a região Norte apresenta uma série de peculiaridades. Trouxemos como destaque a questão logística e o desafio de modernizar os aeroportos. Mas, não é só isso. Em Tabatinga, para acessar a área de cultivo, indígenas de duas comunidades da etnia Ticuna cruzam uma área do aeroporto.

Esse fator foi levado em conta no projeto e a segurança dos indígenas será indispensável na execução. Para isso, a empresa responsável desenvolveu sinalizações no idioma da comunidade.

Outros desafios

Em outro artigo, abordamos algumas questões ambientais e econômicas que também são enormes desafios para políticos e ambientalistas. Você pode conferir aqui: Economia e Meio Ambiente conseguem caminhar juntos? para entender a complexidade da região Norte, suas peculiaridades e que ajustes tem sido feitos para atender todos os lados.

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Com informações da Passarelli Engenharia*

Últimas Notícias

Prefeitura convoca quatro profissionais aprovados em concurso

Visando suprir as necessidades permanentes de serviço e assegurar a prestação da assistência básica...

Prontos-socorros de Manaus funcionarão normalmente durante o feriado

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) anunciou que as 25 unidades...

Entenda por que Lula retirou o embaixador brasileiro de Israel

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva transferiu o embaixador Frederico Meyer de Israel...

MPF dá 15 dias para Starlink explicar antenas em áreas de garimpo no AM

Um inquérito civil foi aberto pelo Ministério Público Federal (MPF) e publicado nesta terça-feira...

Mais como este

Prefeitura convoca quatro profissionais aprovados em concurso

Visando suprir as necessidades permanentes de serviço e assegurar a prestação da assistência básica...

Prontos-socorros de Manaus funcionarão normalmente durante o feriado

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) anunciou que as 25 unidades...

Entenda por que Lula retirou o embaixador brasileiro de Israel

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva transferiu o embaixador Frederico Meyer de Israel...