quarta-feira, junho 19, 2024
28.3 C
Manaus
InícioGeralEducaçãoCom liberação de R$ 38 mi, Ufam vai aumentar valor de bolsas

Com liberação de R$ 38 mi, Ufam vai aumentar valor de bolsas

Publicado em

Publicidade

Universidade Federal do Amazonas (Ufam) vai receber R$ 38.184.488,00 do montante de R$ 2.44 bilhões de verba liberada para universidades e institutos federais, na última semana, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Com o repasse, a instituição vai aumentar para R$ 700 o valor de bolsas e auxílios aos estudantes. As informações foram confirmadas pelo reitor da Ufam, Sylvio Puga, à Revista Cenarium20.

Dos recursos, R$ 4.070.651,00 serão para investimentos; R$ 610.382,00 aos beneficiários do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes); R$ 59.712,00 a estudantes que recebem bolsa do Projeto Milton Santos de Acesso ao Ensino Superior (Promisaes); e R$ 33.443.743,00 para manutenção e outras despesas da universidade. O reajuste no valor das bolsas valerá a partir de 1º de maio deste ano.

“Isso vai nos possibilitar readequar os nosso contratos, porque eles vinham sendo revisados, então nós vamos fazer a revisão dos contratos, ampliando, e também fazendo frente às demandas que nós não podemos atender parcialmente nesses anos. Vamos definir investimento (obras, aquisição de bens permanentes), custeio e manutenção da máquina”, explicou.

Aumento no valor das bolsas

Os estudantes contemplados serão os beneficiados pelas bolsas de monitoria da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Proeg); extensão, por meio do Programa Institucional de Bolsas de Extensão (Pibex); iniciação científica, do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic); e produção tecnológica e inovação, no Programa Institucional de Bolsas de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Pibit).

De acordo com Sylvio Puga, a portaria com a oficialização dos reajustes deve ser publicada ainda nesta quinta-feira. “Esse valor máximo pago pelo CNPQ [Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico]. Esse é o valor nacional”, concluiu.

Perda de recursos

O governo já havia anunciado o aumento dos recursos das federais durante a transição, com recomposição de R$ 12 bilhões no orçamento do Ministério da Educação (MEC) de 2023, mas só agora o valor foi, realmente, repassado. O aumento representa uma recomposição dos cerca de 30% dos recursos das federais reduzidos desde 2019.

Segundo o governo, 70% do total (R$ 1,7 bilhão) serão disponibilizados para recomposição direta nas universidades e institutos: cerca de R$ 1,32 bilhão para universidades e R$ 388 milhões para os institutos. O restante (cerca de R$ 730 milhões) é para atender, segundo o MEC, obras e outras ações que foram deixadas com despesas sem cobertura pela gestão anterior, como residência médica e multiprofissional e bolsas de permanência.

Leia mais:
UFAM concede pela primeira vez título de doutorado a indígena
Rede estadual do AM teve mais de mil alunos aprovados nas universidades públicas

Com informações da Revista Cenarium*

Últimas Notícias

Visitação de carros e motos em leilão pelo Detran-AM começa hoje (19)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) começa nesta quarta-feira (19/06) a visitação...

Câmara terá comissão para discussão da PL do aborto, diz Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), informou nesta terça-feira (18) que...

Saneamento em Manaus: tratar o efeito mitiga a consequência, mas não ataca a causa

No último relatório do Instituto Trata Brasil, divulgado este ano, Manaus se destacou negativamente,...

Lula diz que poderá ser candidato para evitar que “trogloditas” voltem ao poder

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que poderá se candidatar...

Mais como este

Visitação de carros e motos em leilão pelo Detran-AM começa hoje (19)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) começa nesta quarta-feira (19/06) a visitação...

Câmara terá comissão para discussão da PL do aborto, diz Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), informou nesta terça-feira (18) que...

Saneamento em Manaus: tratar o efeito mitiga a consequência, mas não ataca a causa

No último relatório do Instituto Trata Brasil, divulgado este ano, Manaus se destacou negativamente,...