quinta-feira, julho 25, 2024
30.3 C
Manaus
InícioAmazôniaNasa projeta risco alto de ‘tempo do fogo’ para o Norte do...

Nasa projeta risco alto de ‘tempo do fogo’ para o Norte do Brasil

Publicado em

Publicidade

Um novo estudo conduzido por cientistas da NASA trouxe à luz um quadro minucioso das possíveis consequências caso o planeta alcance o temido aumento de 2°C na temperatura global nas próximas décadas. Utilizando simulações computacionais avançadas, os resultados indicam que esse cenário alarmante poderia se concretizar já a partir de 2040, caso não ocorram medidas substanciais no combate à emergência climática. Os efeitos iriam além de simplesmente elevar a temperatura, desencadeando uma série de impactos interligados.

Estudo

O estudo, recentemente publicado na revista especializada Earth’s Future, é assinado por Taejin Park, Ramakrishna Nemani e Ian Brosnan, pesquisadores do Centro de Pesquisas Ames, localizado na Califórnia. Uma das abordagens inovadoras desse trabalho reside na ampliação da “resolução” das previsões climáticas, permitindo uma compreensão mais realista dos efeitos em escala regional.

Enquanto muitos modelos climáticos atuais dividem a Terra em quadrados com lados de aproximadamente 200 km, o estudo liderado por Park e seus colegas foi capaz de examinar cenários em quadrados de apenas 25 km de lado. Essa refinada resolução possibilitou estimar de maneira mais precisa e contextualizada os impactos da crise climática em nível regional, destacando sua diversidade e gravidade.

Tempo de fogo

Além do aumento da temperatura média global, o estudo da NASA se debruçou sobre variáveis críticas, como a intensificação das secas, os padrões de chuvas e a velocidade dos eventos climáticos. Esses fatores foram combinados para avaliar o risco de ocorrência do chamado “fire weather”, ou “tempo de fogo”, ou seja, condições propícias para grandes incêndios florestais.

Os resultados enfatizam que, entre os anos de 2041 e 2044, a probabilidade de a temperatura global atingir um acréscimo de 2°C acima dos níveis pré-Revolução Industrial é considerável. Além disso, os problemas climáticos combinados tendem a impactar mais severamente nações próximas aos trópicos, exacerbar vulnerabilidades já existentes e, paradoxalmente, incluem regiões frias, como o Ártico, que têm aquecido rapidamente nas últimas décadas.

Destacando-se entre as regiões mais suscetíveis a esses impactos estão o Norte e o Centro-Oeste do Brasil. Evidenciou-se a possibilidade de diminuição das chuvas, perda de umidade relativa do ar e o aumento das condições propícias para incêndios florestais. Esses riscos são agravados pelo avanço do desmatamento nessas áreas, que interfere na capacidade das florestas, em especial na Amazônia, de desencadear processos de chuva.

Leia mais:
UBS destruída por garimpeiros na Terra Yanomâmi é recuperada
Uma a cada 3 cidades no Brasil não tem médicos por mil habitantes
Wilson Lima quer frota de veículos com energia limpa

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Idam capacita mais de 100 piscicultores em Novo Airão

Dia de Campo oferece novas tecnologias e metodologias para piscicultura Mais de 100 piscicultores participaram...

Indígenas de São Gabriel da Cachoeira participam de oficinas

Cerca de 100 artesãos e produtores indígenas participaram do evento De 1 a 4 de...

Cetam preenche mais de 6 mil vagas para cursos gratuitos

Inscrições online foram realizadas nos dias 22 e 23 de julho O Centro de Educação...

Apostador de Manaus ganha sozinho o prêmio de R$250 milhões da +Milionária

Uma aposta única feita em Manaus acertou as seis dezenas e os dois trevos...

Mais como este

Idam capacita mais de 100 piscicultores em Novo Airão

Dia de Campo oferece novas tecnologias e metodologias para piscicultura Mais de 100 piscicultores participaram...

Indígenas de São Gabriel da Cachoeira participam de oficinas

Cerca de 100 artesãos e produtores indígenas participaram do evento De 1 a 4 de...

Cetam preenche mais de 6 mil vagas para cursos gratuitos

Inscrições online foram realizadas nos dias 22 e 23 de julho O Centro de Educação...