segunda-feira, junho 17, 2024
26.3 C
Manaus
InícioAmazôniaIndígenas defendem exploração econômica de suas terras

Indígenas defendem exploração econômica de suas terras

Publicado em

Publicidade

Dois indígenas, Graciano Aedzane Pronhopa e Arlnaldo Tsererowe, convidados para a CPI das ONGs, expressaram apoio à produção agrícola mecanizada nas aldeias e defenderam a derrubada dos vetos presidenciais na Lei 14.701 de 2023, referente ao marco temporal das terras indígenas.

Eles argumentaram que contratos entre não indígenas e indígenas para a exploração econômica de suas terras deveriam ser permitidos. Além disso, ambos criticaram a atuação de ONGs e a falta de acesso a serviços de saúde nas comunidades indígenas.

Mais detalhes na Agência Senado.

Leia mais:
Plínio Valério é único do Amazonas a apoiar PEC do Marco Temporal

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Abono do PIS/Pasep para nascidos em julho e agosto será liberado hoje (17)

A partir desta segunda-feira (17), aproximadamente 4,26 milhões de trabalhadores com carteira assinada nascidos...

Oportunidades de emprego em Manaus: 283 vagas disponíveis pelo Sine

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 283 vagas de emprego...

Enem 2024: Amazonas registra mais de 122 mil inscritos

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 alcançou 5.055.699 inscrições em todo o...

CMM é finalista no Prêmio das Melhores Escolas do Mundo 2024

O Colégio Militar de Manaus (CMM) foi selecionado como um dos finalistas do Prêmio...

Mais como este

Abono do PIS/Pasep para nascidos em julho e agosto será liberado hoje (17)

A partir desta segunda-feira (17), aproximadamente 4,26 milhões de trabalhadores com carteira assinada nascidos...

Oportunidades de emprego em Manaus: 283 vagas disponíveis pelo Sine

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 283 vagas de emprego...

Enem 2024: Amazonas registra mais de 122 mil inscritos

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 alcançou 5.055.699 inscrições em todo o...