sábado, fevereiro 24, 2024
32.3 C
Manaus
InícioGeralSociedadeCenso 2022: População idosa no Brasil cresceu 60% em 12 anos

Censo 2022: População idosa no Brasil cresceu 60% em 12 anos

Publicado em

Publicidade

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os resultados do Censo 2022, destacando uma significativa mudança na estrutura etária da população brasileira. Os dados revelam que o número de pessoas idosas com 65 anos ou mais aumentou 57,4% em relação ao censo de 2010, chegando a um total de 22.169.101 idosos no país.

Em 2010, o censo registrou 14.081.477 idosos com 65 anos ou mais. Essa transformação na demografia brasileira é também refletida na proporção de idosos em relação à população total. Em 2010, os idosos representavam 7,4% da população, enquanto em 2022, esse número subiu para 10,9%.

Por outro lado, o número de crianças com até 14 anos teve uma diminuição de 12,6%, passando de 45.932.294 em 2010 para 40.129.261 em 2022. Em 2010, as crianças nessa faixa etária correspondiam a 24,1% da população, enquanto em 2022, representam 19,8%.

As faixas etárias intermediárias, entre 15 e 64 anos, mantiveram uma proporção relativamente estável. Em 2010, essa faixa etária representava 68,5% da população total, aumentando para 69,3% em 2022.

A idade mediana da população brasileira também aumentou de 29 anos em 2010 para 35 anos em 2022. O índice de envelhecimento, que mede a relação entre idosos e crianças até 14 anos, subiu para 55,2 em 2022, em comparação com 30,7 em 2010.

As regiões do Sudeste (12,2%) e Sul (12,1%) têm a maior proporção de idosos com 65 anos ou mais. Os estados com os maiores números de idosos são o Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Em contrapartida, a população mais jovem, representada por crianças com até 14 anos, é mais expressiva nas regiões Norte (25,2%) e Nordeste (25,2%).

Os resultados do Censo 2022 vêm sendo divulgados progressivamente pelo IBGE e fornecem informações essenciais para o planejamento de políticas públicas, incluindo habitação, transporte, saúde, educação e mercado de trabalho. Além disso, esses dados auxiliam na elaboração de projeções populacionais e na alocação de recursos.

O Censo Demográfico é realizado a cada dez anos no Brasil e visa fornecer um retrato abrangente da população e das condições domiciliares do país. O Censo 2022 deveria ter ocorrido em 2020, mas foi adiado devido à pandemia de COVID-19 e questões orçamentárias. A coleta de dados começou em junho de 2021 e foi concluída em fevereiro de 2023.

Leia mais:
95% das crianças e adolescentes têm acesso à internet, diz pesquisa
Mulheres são as maiores vítimas de racismo no Brasil, mostra pesquisa
Amazonas é representado por 8 atletas nos Jogos Pan-Americanos 2023

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Fevereiro Verde: Voluntários limpam a Ponta Negra

Em consonância com o "Fevereiro Verde", mês dedicado à conscientização ambiental, a Papelito, conhecida...

Pré-candidato Amom fala sobre autismo, nepotismo e arborização

O cenário político de Manaus ganha destaque com a pré-candidatura de Amom Mendel (Cidadania)...

Crianças indígenas recebem vacina contra dengue em Manaus

Crianças indígenas da comunidade Parque das Tribos, em Manaus, foram as pioneiras a receber...

Seduc anuncia resultado do programa Jovem Bilíngue; Confira

A Secretaria de Educação do Amazonas (Seduc) divulgou o resultado final do programa Jovem...

Mais como este

Fevereiro Verde: Voluntários limpam a Ponta Negra

Em consonância com o "Fevereiro Verde", mês dedicado à conscientização ambiental, a Papelito, conhecida...

Pré-candidato Amom fala sobre autismo, nepotismo e arborização

O cenário político de Manaus ganha destaque com a pré-candidatura de Amom Mendel (Cidadania)...

Crianças indígenas recebem vacina contra dengue em Manaus

Crianças indígenas da comunidade Parque das Tribos, em Manaus, foram as pioneiras a receber...