quarta-feira, abril 17, 2024
29.3 C
Manaus
InícioGeralSociedadeAGU quer anular lei que proíbe crianças na Parada LGBT+ no AM

AGU quer anular lei que proíbe crianças na Parada LGBT+ no AM

Publicado em

Publicidade

Na terça-feira (27), a Advocacia-Geral da União (AGU) encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido para anular a Lei Estadual nº 6.469/2023, que proíbe a participação de crianças e adolescentes na Parada do Orgulho LGBT+ no estado do Amazonas.

O advogado-geral da União substituto, Flávio José Roman, argumenta que a norma estadual ultrapassa a competência legislativa da União para estabelecer normas gerais sobre proteção à infância e juventude, sendo esta uma prerrogativa do Congresso Nacional.

“Compete ao ente central o estabelecimento de normas gerais sobre proteção à infância e juventude, cujo regramento deve ser observado pelos demais entes federados”, afirmou Flávio Roman em comunicado ao STF.

A lei, originada de um projeto proposto pelo deputado Delegado Péricles (PL) e promulgada em outubro de 2023, proíbe a participação de menores de idade nas paradas do orgulho LGBT+ sem autorização judicial. A multa para os infratores, aplicada por hora, é de R$ 10 mil.

Em janeiro deste ano, PDT, Aliança Nacional LGBTI+ e ABRAFH foram ao STF para contestar a constitucionalidade da lei, alegando discriminação. O ministro Gilmar Mendes solicitou explicações da Assembleia, sem resposta dos deputados, e deu prazo para a Procuradoria-Geral da República (PGR) e a AGU se manifestarem. O caso será levado ao plenário do Supremo.

Leia mais:
Discussão sobre crianças em Parada LGBT+ no Amazonas vai ao STF
Violência psicológica contra pessoas trans aumentaram 20,4%
Discussão sobre crianças em Parada LGBT+ no Amazonas vai ao STF

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Hemoam reforma e amplia farmácia hospitalar

Houve também a reestruturação da Central de Abastecimento e implantação de assistência ao hemofílico A...

Justiça suspende votação de empréstimo pela CMM

A Justiça do Amazonas proibiu a Câmara Municipal de Manaus (CMM) de votar o...

Irã X Israel: entenda o contexto do conflito

No último sábado (13), implodiu no Oriente Médio mais um conflito entre os países...

Senado aprova PEC de criminalização do porte de drogas

O Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (16), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC)...

Mais como este

Hemoam reforma e amplia farmácia hospitalar

Houve também a reestruturação da Central de Abastecimento e implantação de assistência ao hemofílico A...

Justiça suspende votação de empréstimo pela CMM

A Justiça do Amazonas proibiu a Câmara Municipal de Manaus (CMM) de votar o...

Irã X Israel: entenda o contexto do conflito

No último sábado (13), implodiu no Oriente Médio mais um conflito entre os países...