sábado, março 2, 2024
28.3 C
Manaus
InícioAmazôniaFundo Amazônia libera R$318 milhões para combate ao desmatamento

Fundo Amazônia libera R$318 milhões para combate ao desmatamento

Publicado em

Publicidade

O Fundo Amazônia, gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), está programando a liberação de R$ 318 milhões nos próximos dias para ações de segurança e defesa da Amazônia contra o desmatamento, de acordo com o diretor da Amazônia e Meio Ambiente da Polícia Federal, delegado Humberto Freire.

Uso dos recursos do Fundo Amazônia

Essa primeira parcela será destinada a diversas iniciativas, incluindo a implementação de bases para combater crimes ambientais, o reforço da atuação da Aeronáutica com bases de helicópteros e locação de aeronaves, além do aumento de viaturas policiais.

O projeto prevê que, no total, o Fundo Amazônia destine R$ 1,2 bilhão nos próximos anos para a segurança e defesa da região, somado a outros R$ 800 milhões provenientes de recursos públicos federais. Até o momento, o BNDES não se manifestou sobre o assunto em resposta a um pedido de comentário da Reuters.

“Mudança de Patamar”

O delegado Humberto Freire, defensor de uma “mudança de patamar” na cooperação financeira internacional para combater a criminalidade na Amazônia, integrará a comitiva brasileira na COP28, conferência da ONU sobre mudanças climáticas em Dubai. Em entrevista à Reuters, ele destacou a importância de fortalecer a cooperação transnacional e atrair investimentos estrangeiros para a segurança da região.

Durante o período de janeiro a setembro deste ano, o governo brasileiro registrou uma redução de 56,13% na área desmatada na Amazônia, totalizando 5.705 km², em comparação com os 13.033 km² do ano anterior. Freire espera que, com a retomada do Fundo Amazônia, mais recursos sejam destinados, criando um ciclo virtuoso de investimentos, ações, e redução do desmatamento.

Uma aposta importante da Polícia Federal é o Centro de Cooperação da Polícia Internacional para combater crimes ambientais e narcotráfico na Amazônia, uma unidade em Manaus financiada pelo Brasil, com parte dos recursos provenientes do Fundo Amazônia. O centro reunirá polícias dos oito países amazônicos, e a previsão é inaugurar o local no início do próximo ano.

*Com informações do O Globo

Leia mais:
Cresce número de graduados trabalhando em postos de menos escolaridade
Guarda Municipal de Manaus abre concurso com 200 vagas
Estoque crítico: maternidade pede doação de leite materno

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

“Dia D”: prefeitura de Manaus promove combate a dengue

Seguindo as diretrizes nacionais, a Prefeitura de Manaus promove, neste sábado (2), o “Dia D”...

Paratleta do halterofilismo garante prata no mundial

Maria de Fátima, paratleta de halterofilismo, segue em busca da vaga nas Paraolimpíadas de...

Confira os shows da Casa Zezinho Corrêa nos dias 2 e 3

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, vai receber, neste fim de semana, seis shows...

Entenda a diferença entre os sintomas de dengue e covid-19

Em meio a uma explosão de casos de dengue e o aumento de infecções...

Mais como este

“Dia D”: prefeitura de Manaus promove combate a dengue

Seguindo as diretrizes nacionais, a Prefeitura de Manaus promove, neste sábado (2), o “Dia D”...

Paratleta do halterofilismo garante prata no mundial

Maria de Fátima, paratleta de halterofilismo, segue em busca da vaga nas Paraolimpíadas de...

Confira os shows da Casa Zezinho Corrêa nos dias 2 e 3

A Casa de Praia Zezinho Corrêa, vai receber, neste fim de semana, seis shows...