quarta-feira, abril 17, 2024
25.3 C
Manaus
InícioAmazôniaMeio AmbienteTambaqui entra no período de defeso reprodutivo até março de 2024

Tambaqui entra no período de defeso reprodutivo até março de 2024

Publicado em

Publicidade

Hoje é o último dia para que os pescadores do Amazonas cumpram o prazo estabelecido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para a declaração obrigatória de seus estoques de tambaqui. A medida faz parte de um conjunto de ações destinadas a preservar o Tambaqui (Colossoma Macropomum), principal espécie de peixe comercializada na região, durante o período de defeso, que se estende até o dia 31 de março de 2024.

O governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), anunciou o início do período de defeso do Tambaqui, uma proibição de seis meses para a captura do peixe na bacia amazônica. O objetivo principal dessa restrição é a conservação da espécie, a manutenção dos estoques e a garantia da reprodução saudável, aspectos fundamentais para a sustentabilidade da atividade pesqueira na região.

A medida está de acordo com a Instrução Normativa 35, de 2005, do Ministério do Meio Ambiente (MMA), que determina o início do defeso em 1º de outubro de cada ano. No ano de 2022, de acordo com informações da Colônia de Pescadores Z-12, no terminal pesqueiro de Manaus, foram desembarcadas 357,7 toneladas de tambaqui provenientes da pesca em áreas de proteção ambiental, como unidades de conservação ou áreas de acordo de pesca e seus arredores.

Defeso do tambaqui

O seguro defeso do tambaqui, assim como de outras espécies da bacia amazônica, é uma estratégia voltada para a preservação e a gestão sustentável dos recursos pesqueiros. O gerente de Pesca da Sepror, o engenheiro João Bosco Ferreira, destacou a importância dessa medida, afirmando que “durante seis meses as operações de extração, apreensão ou captura do tambaqui ficam proibidas. É uma tática de manejo para a administração sustentável não só da pesca, mas da atividade pesqueira como um todo. Tudo isso visa garantir a reposição dos estoques ou o ganho de peso dos indivíduos, mantendo a conservação dos recursos naturais.”

O conceito de defeso se refere à proibição temporária da pesca de uma ou mais espécies em uma determinada região, durante uma época específica do ano, com o intuito de assegurar a reposição dos estoques ou o crescimento saudável dos indivíduos, preservando assim os recursos naturais. Essas medidas são rigorosamente fiscalizadas pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) para garantir sua eficácia na proteção da biodiversidade e na manutenção da atividade pesqueira sustentável na Amazônia.

Leia mais:
Rabdomiólise: Amazonas registra 69 casos sem óbitos
Pesquisa revela presença de plástico no trato gastrointestinal de peixes amazônicos
Em Tefé, mais de 100 botos são encontrados mortos devido à seca

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Irã X Israel: entenda o contexto do conflito

No último sábado (13), implodiu no Oriente Médio mais um conflito entre os países...

Senado aprova PEC de criminalização do porte de drogas

O Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (16), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC)...

Ingressos da estreia do Amazonas FC na Série B já estão à venda

A venda de ingressos para a estreia do Amazonas FC na Série B do...

TRE-AM rejeita pedido de cassação de Wilson Lima feito por Braga

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) rejeitou, por unanimidade, o pedido do senador...

Mais como este

Irã X Israel: entenda o contexto do conflito

No último sábado (13), implodiu no Oriente Médio mais um conflito entre os países...

Senado aprova PEC de criminalização do porte de drogas

O Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (16), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC)...

Ingressos da estreia do Amazonas FC na Série B já estão à venda

A venda de ingressos para a estreia do Amazonas FC na Série B do...