quarta-feira, julho 24, 2024
26.3 C
Manaus
InícioExplicandoExplicando: Por que a ozonioterapia é tão controversa?

Explicando: Por que a ozonioterapia é tão controversa?

Publicado em

Publicidade

Na edição desta segunda-feira (7) do Diário Oficial da União (DOU), foi divulgada a Lei Nº 14.648, datada de 4 de agosto de 2023, que autoriza a realização da ozonioterapia como procedimento de caráter complementar no Brasil. O projeto foi sancionado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mesmo após críticas e apelos da Academia Nacional de Medicina (ANM) para que o mesmo fosse vetado.

Ainda em julho, após a aprovação do PL no Senado, a ANM enviou uma carta aberta endereçada ao presidente Lula. Na carta, a associação manifestou sua preocupação e destacou que não tinha conhecimento de trabalhos científicos que comprovassem a eficácia da terapia com ozônio em nenhuma circunstância. O órgão também alertou que a prática poderia apresentar riscos à saúde dos pacientes, tornando necessário uma análise mais aprofundada dos possíveis benefícios e efeitos colaterais do tratamento.

Em 2022, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já havia divulgado uma nota técnica enfatizando os riscos da utilização indevida da ozonioterapia. Na ocasião, a agência autorizou a terapia apenas para tratamentos odontológicos e com fins estéticos, restringindo sua aplicação em outras áreas.

O que é ozonioterapia?

A ozonioterapia é uma terapia complementar que utiliza uma mistura de oxigênio e ozônio para tratar diversas condições de saúde. O ozônio (O3) é um gás altamente reativo composto por três átomos de oxigênio. O tratamento envolve a aplicação dessa mistura, que é administrada de diferentes formas, como por via intravenosa, tópica, retal ou em injeções locais.

O principal efeito da ozonioterapia é atribuído às supostas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias do ozônio, o que pode auxiliar na redução de inflamações, estimulação da circulação sanguínea e melhora do sistema imunológico.

No entanto, apesar de algumas pesquisas sugerirem benefícios em certos casos, a eficácia e a segurança da ozonioterapia ainda são controversas. Como apontado pela ANM, não existem estudos que encontraram benefícios claros associados ao tratamento de doenças.

Condições

A Lei Nº 14.648 impõe regras específicas para a realização da ozonioterapia, visando mitigar os possíveis perigos associados ao procedimento. Agora, a terapia com ozônio será obrigatoriamente conduzida através de equipamentos de produção de ozônio medicinal que estejam devidamente regularizados e aprovados pela Anvisa.

Além disso, a legislação estabelece que o tratamento deve ser realizado apenas por profissionais de saúde de nível superior, devidamente inscritos em seus conselhos de fiscalização profissional. Outro ponto importante determinado pela nova lei é a necessidade de informar ao paciente que o procedimento possui caráter complementar.

Leia mais:
Porte de drogas para uso pessoal vai ser liberado? Entenda
Entenda a discussão sobre o piso de enfermagem
Agrotóxicos: Liberação segue mesmo ritmo do governo Bolsonaro

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Operadoras são multadas por propaganda enganosa de ‘internet 5G’

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) aplicou multas às empresas de telefonia Oi, Vivo...

Feira de Produtos Regionais na 32ª Festa do Cupuaçu em Presidente Figueiredo

Feirantes podem solicitar financiamento pelo programa Mais Crédito Rural da Afeam O Governo do Amazonas,...

Wilson Lima anuncia R$ 12,9 milhões em investimentos para CT&I

Novos editais preveem apoio a 145 projetos de pesquisa na capital e interior do...

PC-AM prende mais duas pessoas por desvio de medicamentos em Manaus

Cerca de três meses depois da deflagração da primeira fase da Operação Corsário, a...

Mais como este

Operadoras são multadas por propaganda enganosa de ‘internet 5G’

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) aplicou multas às empresas de telefonia Oi, Vivo...

Feira de Produtos Regionais na 32ª Festa do Cupuaçu em Presidente Figueiredo

Feirantes podem solicitar financiamento pelo programa Mais Crédito Rural da Afeam O Governo do Amazonas,...

Wilson Lima anuncia R$ 12,9 milhões em investimentos para CT&I

Novos editais preveem apoio a 145 projetos de pesquisa na capital e interior do...