domingo, maio 19, 2024
28.3 C
Manaus
InícioAmazôniaNo Vaticano, Davi Kopenawa pede apoio contra garimpo ao Papa Francisco

No Vaticano, Davi Kopenawa pede apoio contra garimpo ao Papa Francisco

Publicado em

Publicidade

Na última quarta-feira (10), o Papa Francisco recebeu em audiência o líder yanomami, Davi Kopenawa, em um encontro marcado pela discussão sobre as preocupações relacionadas aos direitos indígenas e à preservação ambiental. Durante a reunião, realizada no Vaticano, Davi Kopenawa expressou ao pontífice a urgência de apoio contínuo à causa indígena, especialmente no que diz respeito à remoção dos garimpeiros ilegais que afetam negativamente a comunidade yanomami.

Conversa com o Papa

O líder indígena destacou os graves problemas enfrentados pela sua comunidade devido à presença desses garimpeiros, incluindo a exploração ilegal, a poluição dos rios, a invasão de terras e o desmatamento. Em declarações à Rádio Vaticano após o encontro, Davi Kopenawa enfatizou ainda a preocupação com a saúde das crianças yanomamis, afirmando que a desnutrição é uma consequência direta das atividades garimpeiras.

“Eu venho a Roma para falar com Papa Francisco sobre a situação do meu povo yanomami. Eu pedi para ele retirar do garimpeiro ilegal na terra yanomami este ano. A criança yanomami está desnutrida por causa do garimpo, por causa da autoridade que deixou entrar, invadir a nossa terra yanomami”, disse Davi Kopenawa.

Davi Kopenawa e a questão Yanomami

Davi Kopenawa é reconhecido internacionalmente por seu engajamento na defesa dos direitos dos povos indígenas, sendo uma figura proeminente entre os yanomamis. Além de líder, ele também é xamã e presidente da Hutukara Associação Yanomami.

Nos últimos dias, Davi Kopenawa realizou uma série de visitas a cidades italianas em busca de apoio para as questões enfrentadas pelos povos indígenas e para a necessidade premente de preservação do meio ambiente. Entre os principais desafios enfrentados está a contaminação por mercúrio, conforme revelado por uma pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgada recentemente.

Segundo o estudo, a contaminação por mercúrio afeta quase toda a população de nove aldeias yanomamis localizadas em Roraima. A análise, realizada por meio de amostras de cabelo coletadas em outubro de 2022, evidencia a gravidade da situação e contribui para um maior entendimento dos impactos do garimpo ilegal de ouro na região.

Leia mais:
Em meio a debates, PGM autoriza aterro de Manaus a funcionar até 2028
Visitação para leilão de sucatas do Detran-AM começa nesta quinta (11)
Mutirão de renegociação do BC encerra dia 15 de abril

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Emprego no Sine: veja 423 vagas para esta segunda-feira (20)

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 423 vagas de emprego...

Cetam oferece mais de 400 vagas em cursos para Parintins

O governador Wilson Lima esteve em Parintins, na última sexta-feira (17/05), para uma série...

Veja onde buscar atendimento em uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher

A partir da próxima segunda-feira, 20/5, uma das cinco unidades móveis de saúde da...

Thiaguinho e Belo serão as atrações da Festa dos Visitantes 2024 em Parintins

Thiaguinho e Belo foram anunciados como as atrações nacionais da Festa dos Visitantes 2024,...

Mais como este

Emprego no Sine: veja 423 vagas para esta segunda-feira (20)

A Prefeitura de Manaus, por meio do Sine Manaus, oferta 423 vagas de emprego...

Cetam oferece mais de 400 vagas em cursos para Parintins

O governador Wilson Lima esteve em Parintins, na última sexta-feira (17/05), para uma série...

Veja onde buscar atendimento em uma Unidade Móvel de Saúde da Mulher

A partir da próxima segunda-feira, 20/5, uma das cinco unidades móveis de saúde da...