quarta-feira, julho 24, 2024
31.3 C
Manaus
InícioGeralEducaçãoHorário Cívico nas escolas do Amazonas passa a ser obrigatório

Horário Cívico nas escolas do Amazonas passa a ser obrigatório

Publicado em

Publicidade

Na última semana foi sancionada a lei nº 6356/23, que torna obrigatório o horário cívico nas escolas e instituições de ensino público e privado do Amazonas. A lei é fruto da propositura da deputada estadual Débora Menezes (PL).

A proposta foi apresentada em fevereiro deste ano como uma das promessas de campanha da deputada. Segundo a parlamentar, essa é uma forma de auxiliar as crianças e jovens a constituírem a consciência de pertencimento e amor à pátria.

A Lei estabelece que as escolas deverão realizar, obrigatoriamente, o momento cívico pelo menos uma vez na semana, com a execução do Hino Nacional do Brasil e do Estado do Amazonas.

“O horário cívico é importante para que o aluno aprenda o significado de civismo, patriotismo, demonstrando por meio do canto, a reverência as bandeiras nacional e estadual”, afirma a deputada.

Em suas redes sociais, Débora Menezes reafirmou que a lei “busca resgatar uma tradição que se perdeu com o tempo, além de despertar o patriotismo, o conhecimento de nossos símbolos nacionais e estaduais entre os mais jovens. Além disso, é uma forma de estimular nossos estudantes a conhecerem a história do Amazonas e do Brasil”.

Projetos de Lei barrados

Apesar da vitória, a Deputada teve três de seus Projetos de Lei vetados, na última semana, pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil).

O primeiro veto é referente ao PL nº 71/2023 que “dispõe sobre a prioridade, na matrícula em creches e escolas, às crianças e adolescentes órfãos decorrentes da Covid-19”.

Outro veto foi referente ao PL nº 183/2023 que busca “proibir o vilipêndio de dogmas e crenças relativas à religião cristã sob forma de sátira, ridicularização e menosprezo no âmbito do Estado do Amazonas”. Segundo o governador, o projeto é inconstitucional, uma vez que o Estado é laico e o governo deve servir para todos.

Por fim, a Deputada obteve um veto parcial, referente ao PL nº257/2023 para “instituir a Política Estadual de Apoio e Incentivo à Mulher no Esporte”.

Leia mais:
Aleam vota Lei de Diretrizes Orçamentárias nesta terça-feira (11)
Aleam e CMM retornam trabalhos legislativos nesta terça (01)
Wilson Lima veta 11 projetos após “votação relâmpago” na Aleam

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

Operadoras são multadas por propaganda enganosa de ‘internet 5G’

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) aplicou multas às empresas de telefonia Oi, Vivo...

Feira de Produtos Regionais na 32ª Festa do Cupuaçu em Presidente Figueiredo

Feirantes podem solicitar financiamento pelo programa Mais Crédito Rural da Afeam O Governo do Amazonas,...

Wilson Lima anuncia R$ 12,9 milhões em investimentos para CT&I

Novos editais preveem apoio a 145 projetos de pesquisa na capital e interior do...

PC-AM prende mais duas pessoas por desvio de medicamentos em Manaus

Cerca de três meses depois da deflagração da primeira fase da Operação Corsário, a...

Mais como este

Operadoras são multadas por propaganda enganosa de ‘internet 5G’

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) aplicou multas às empresas de telefonia Oi, Vivo...

Feira de Produtos Regionais na 32ª Festa do Cupuaçu em Presidente Figueiredo

Feirantes podem solicitar financiamento pelo programa Mais Crédito Rural da Afeam O Governo do Amazonas,...

Wilson Lima anuncia R$ 12,9 milhões em investimentos para CT&I

Novos editais preveem apoio a 145 projetos de pesquisa na capital e interior do...