quarta-feira, junho 19, 2024
27.3 C
Manaus
InícioGeralEconomiaManaus, P. Figueiredo e Coari enfrentam perdas na reforma tributária

Manaus, P. Figueiredo e Coari enfrentam perdas na reforma tributária

Publicado em

Publicidade

A reforma tributária pode trazer perdas para Manaus, Presidente Figueiredo e Coari, de acordo com a Associação Amazonense de Municípios. No entanto, 85,5% das cidades do Amazonas terão aumento na arrecadação e crescimento acima da inflação.

Estudo realizado pela Confederação Nacional dos Municípios indica que a maioria dos municípios brasileiros, terá potencial de ganhos na arrecadação com a reforma tributária, considerando um período de transição de 20 anos. No caso do Amazonas, 53 dos 62 municípios (85,5%) terão ganhos acima da inflação.

Entretanto, essas projeções dependem dos impactos positivos da reforma tributária no crescimento do PIB. Apenas nove cidades do Amazonas (14,5%) terão perdas com a mudança de arrecadação do ICMS e ISS para o novo imposto de bens e serviços (IBS).

Os municípios de Manaus, Presidente Figueiredo, Coari, Itamarati, Itapiranga, Japurá, Jutaí, Silves e Tapauá são os que enfrentarão perdas com a mudança de arrecadação, de acordo com a simulação de impacto da reforma tributária.

Reforma Tributária

A reforma tributária (PEC 45/2019), já aprovada na Câmara dos Deputados, agora está em tramitação no Senado. O relator do texto, senador Eduardo Braga (MDB-AM), pretende apresentar e votar o relatório até outubro deste ano. Após as alterações feitas pelos senadores, a PEC retornará à Câmara e o texto final deverá ser promulgado pelo Congresso até dezembro de 2023.

Simulação

A Associação Amazonense de Municípios realizou a simulação do impacto da reforma no Amazonas. A capital, por exemplo, terá uma taxa de crescimento anual abaixo da inflação esperada, mesmo com uma previsão de receita de serviços de R$ 4,46 bilhões nos próximos 20 anos.

E agora?

Diante desse cenário, a CNM realizará mobilização em Brasília nos dias 15 e 16 de agosto, com o objetivo de apresentar propostas à reforma e continuar a participação ativa dos prefeitos nessa segunda fase da tramitação no Senado. O presidente da CNM destaca a importância de acompanhar de perto cada etapa e de trabalhar unidos para obter um melhor entendimento da reforma tributária.

Veja a simulação completa dos 62 municípios do Amazonas, feita pela AAM:

Leia mais:
Reforma tributária: o que muda no dia a dia?
Câmara aprova PEC da reforma tributária
Reforma tributária: especialista comenta pontos positivos e negativos

Com informações do BNC*

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Últimas Notícias

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...

Festa dos Visitantes: Como trocar os ingressos?

Ingressos limitados serão disponibilizados nos dias 25 e 27 de junho na Escola Estadual...

Mais como este

AM é o 3º Estado que mais reduziu roubos de veículos em 2024

Redução significativa foi registrada entre janeiro e abril deste ano O Amazonas se destacou como...

Atletas do ‘Manaus Olímpica’ conquistam medalhas de Natação

Destaque para Pietra Menezes e Gabriel Castro em competição realizada em Salvador Entre os dias...

Pelo quarto ano seguido, AM é estado que mais investe em mestres e doutores

O Amazonas novamente liderou o ranking anual dos estados brasileiros que mais investem na...