quarta-feira, junho 19, 2024
28.3 C
Manaus
InícioGeralEducaçãoAmazonas marca presença na diretoria da Sociedade Brasileira para o Progresso da...

Amazonas marca presença na diretoria da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência

Publicado em

Publicidade

A pesquisadora amazonense Marilene Corrêa da Silva Freitas conquistou uma vaga para o cargo de Secretária da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). A professora, que atua no Programa de Pós-Graduação em Sociedade e Cultura da Amazônia da Universidade Federal do Amazonas (PPGSCA/Ufam), foi uma das três secretárias eleitas para compor a nova diretoria da instituição no período de 2023 a 2025.

Natural do município de Carauari, no coração da Amazônia, Marilene Corrêa traz consigo uma bagagem acadêmica e científica de 43 anos, com uma carreira marcada por importantes contribuições no campo das Ciências Sociais. Sua eleição para a SBPC serve também como mais um testemunho de sua competência e dedicação à pesquisa e ao avanço científico.

A votação on-line para a escolha dos novos membros da diretoria da SBPC foi concluída na segunda-feira (19) e contou com a participação dos associados da instituição. Marilene Corrêa recebeu um expressivo apoio, com 1.597 votos, o que lhe garantiu uma posição de destaque na nova gestão. Vale ressaltar que a SBPC, em sua distribuição de cargos-chave, tem a maioria feminina, demonstrando um importante avanço na representatividade de gênero no campo científico.

Amazônia na SBPC

À Gazeta da Amazônia, a professora Marilene Corrêa expressou sua gratidão e destacou a importância de sua eleição para a causa da ciência e para a Amazônia:

“Eu vejo a minha eleição na SBPC como a representação de um esforço pela causa da ciência. Nesse sentido, eu vejo que é importante sim, não só como uma mulher, mas como uma mulher que fala em prol da ciência. Uma mulher que escolheu a carreira de cientista social. Eu pesquiso a Amazônia há mais de 40 anos, e ensino a sociologia há 43 anos. Eu abordo e debato a problemática regional, mas do ponto de vista de um campo de conhecimento, que é a sociologia”, afirmou Marilene.

A pesquisadora ressaltou a relevância de sua atuação na SBPC, considerada a maior associação científica do Brasil, e como isso amplia a voz da Amazônia. “A importância também se reveste desta qualidade de pertencimento de uma associação científica, que é a maior do Brasil. No momento em que eu estou nela, a Amazônia também está junto. Outras mulheres da Amazônia também estarão juntas através da minha voz e através da minha interpretação da região”, destacou.

Marilene enfatizou ainda a importância de mulheres cientistas da Amazônia ocuparem posições de destaque no cenário nacional. “Outro aspecto em que vejo importância é o lugar em que nós, mulheres cientistas da Amazônia, passamos a ocupar no cenário nacional. Pesquisadores da Amazônia, e principalmente mulheres, acabam sendo invisíveis no que diz respeito à gestão de organização científica e a representação de instituições científicas”, acrescentou.

A eleição de Marilene Corrêa como Secretária da SBPC representa uma conquista não apenas para ela, mas também para a comunidade científica e para as mulheres na ciência. Com sua vasta experiência acadêmica e seu compromisso com a pesquisa e o desenvolvimento socioeconômico da Amazônia, a pesquisadora assume seu novo papel na SBPC com o objetivo de fortalecer a voz da região e garantir a representatividade das mulheres cientistas, contribuindo para o avanço da ciência e para o reconhecimento do potencial da Amazônia como um importante campo de estudo e pesquisa.

Trajetória

A trajetória de Marilene Corrêa é impressionante. Além de seu papel como professora titular no Departamento de Ciências Sociais da UFAM desde 2017, ela acumula uma extensa lista de realizações acadêmicas e administrativas. Com uma formação que inclui graduação em Serviço Social, mestrado em Ciências Sociais e doutorado em Ciências Sociais, Marilene também possui pós-doutorados na Université de CAEN e na UNESCO.

Ao longo de sua carreira, Marilene ocupou cargos de destaque, como a Presidência da AFIRSE – seção Brasileira (2007-2011), a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia do Amazonas (2003-2007) e a Reitoria da Universidade do Estado do Amazonas (2007-2010). Sua atuação em instituições renomadas, como o Conselho Nacional do FNMA e o Conselho Superior da Fundação Oswaldo Cruz, demonstra sua relevância e influência no âmbito científico.

Além disso, a professora é reconhecida por seu compromisso com a formação de novos pesquisadores, atuando como orientadora de mestrado e doutorado nos programas de pós-graduação em Sociedade e Cultura na Amazônia e Agricultura no Trópico Úmido. Sua vasta experiência abrange áreas como sociologia, políticas públicas, desenvolvimento socioeconômico e teoria sociológica.

Do Amazonas, o diretor do Instituto de Computação da Ufam, professor José Luiz de Souza Pio, também foi eleito para o próximo biênio, além de Marilene.

Siga nosso perfil no Instagram e curta nossa página no Facebook

Leia mais:
UFAM concede pela primeira vez título de doutorado a indígena
Ufam está entre as 2 mil melhores universidades do mundo

Cai taxa de analfabetismo no Amazonas, aponta IBGE

Últimas Notícias

Visitação de carros e motos em leilão pelo Detran-AM começa hoje (19)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) começa nesta quarta-feira (19/06) a visitação...

Câmara terá comissão para discussão da PL do aborto, diz Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), informou nesta terça-feira (18) que...

Saneamento em Manaus: tratar o efeito mitiga a consequência, mas não ataca a causa

No último relatório do Instituto Trata Brasil, divulgado este ano, Manaus se destacou negativamente,...

Lula diz que poderá ser candidato para evitar que “trogloditas” voltem ao poder

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que poderá se candidatar...

Mais como este

Visitação de carros e motos em leilão pelo Detran-AM começa hoje (19)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) começa nesta quarta-feira (19/06) a visitação...

Câmara terá comissão para discussão da PL do aborto, diz Lira

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), informou nesta terça-feira (18) que...

Saneamento em Manaus: tratar o efeito mitiga a consequência, mas não ataca a causa

No último relatório do Instituto Trata Brasil, divulgado este ano, Manaus se destacou negativamente,...